terça-feira, 20 de abril de 2010

Renovar Candeeiros

Já há uns tempos que não me apetecia mudar nada cá em casa, embora tivesse algumas ideias na cabeça, especialmente em relação a objectos que vou encontrando no lixo, ou que alguém ia deitar!

Tinha ali uns abat-jours que já estiveram no meu quarto e que são do Ikea




Fui dar uma volta ao Park dos Tecidos em Cascais, inspirei-me por lá e comprei umas coisinhas:



E o resultado foi este, um lindo candeeiro para a mesinha de cabeceira da minha filha:






Ainda com a pistola de cola quente na mão, olhei para o candeeiro de tecto




Comprei o abat-jour no Leroy Merlin, e os pingentes de vidro na Casa. Mas achei que ainda o podia personalizar mais:






Ainda bem que ninguém me viu, parecia a maluquinha da cola quente:



Esta cadeira... quem a viu e quem a vê. Achei-a ao lado do contentor ao fundo da minha rua. Era preta, com um veludo vermelho muito sujo. O meu marido não dava nada por ela: Deita essa merda fora. E eu não deitei, mandei-o ir dar uma curva. Pintei-a de castanho, forrei-a com o que sobrou da baínha dos cortinados do quarto e agora colei-lhe este laço (só porque me apeteceu, e claro, porque sou a maluquinha da cola quente).
E agora tenho esta linda cadeira no meu quarto.


Ah, já me esquecia. Alguém ia deitar isto para o lixo:



Que sacrilégio. Eu peguei nela e ficou assim:



 
Mais um objecto bonito para o quarto da Diana.










quinta-feira, 8 de abril de 2010

Belhéc

Ontem foi uma azáfama. Feijoada, pão caseiro e bolo de chocolate no microondas (procurei uma receita á pressa na internet, mas já vi que a minha norinha já publicou a receita que eu tanto queria).
Autêntica mistela de cheiros.
Vem o meu Eduardo a descer as escadas, encantado com o cheirinho do bolo:


Ó mãe, que cheirinho tão bom... Depois passa pela panela da feijoada  Ih feijão que nojo  dá meia volta e desaparece por onde veio.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Conforme a disposição

A minha sala de estar já passou por diferentes transformações.
O que eu aprendi ao longo deste tempo em que sou dona de casa (que cota...), é que podemos ser espertas e mudar o visual de uma divisão com pouco dinheiro, se apostarmos na rotatividade de objectos, capas de almofada ou quadros (podemos trocar só a estampa). O resto pode permanecer o mesmo (também podemos alterar as posições da mobília de vez em quando e na medida do possível), e com a vantagem de ser mais económico (isso acima de tudo).






Actualmente está assim como nesta última fotografia (mas já dei uns toques desde que fotografei...).
Alguns objectos permanecem sempre porque gosto muito deles e não me faz sentido mudá-los. E como se pode ver, sou fã do Ikea: o prato de bambu, a estampa vermelha, o tapete, a jarra de vidro verde, a maioria das almofadas, o vaso da planta e claro, o sofá que eu adoro (e que tem 25 anos de garantia, carago!)
© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig