domingo, 31 de outubro de 2010

Limpeza de metais

Tenho andado a ver que produtos existem no mercado para limpar pratas e outros metais.
Na Leroy Merlin encontrei quase um produto para cada tipo de metal, enquanto na drogaria me venderam um já bem antigo, feito em Portugal, e que toda a gente se lembra de ver nas casas das nossas mães: Limpa Metais Coração. 
Promete limpar os metais em geral, mas já me disseram que não é o melhor para as pratas.


Resolvi experimentar num castiçal de latão, e descobri que é mais simples do que eu julgava de início (mas convém calçar umas luvas, porque vai fazer porcaria...).
Depois de polido com um pano macio embebido em produto e lavado com um pouco de água e detergente da loiça, seca-se e fica assim:


Nunca tinha reparado que já estavam tão feios.
Em seguida limpei o outro e agora já não me fazem passar vergonhas.


quarta-feira, 27 de outubro de 2010

O 13 é o número da sorte

Já tinha dito que o post que fiz sobre a moldura do alfabeto do quarto do Eduardo foi o mais visto deste blog.



Já foi apresentado no Remodelaholic e agora está no Sprik Space, que eu ainda não conhecia.
A Aimee visitou o Arte & Manha e gostou deste singelo projecto feito «em cima do joelho».

Lembro-me que pedi ao meu filho que me trouxesse a moldura verde do quarto dele, enquanto eu editava as letras no Word... fez-se em 5 minutos.


Obrigada Aimee!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Vizinhas de meter medo

As vizinhas de que vou falar pertencem ao reino animal. É certo que todos temos vizinhas que se podem enquadrar nessa categoria, mas as minhas têm um curso de engenharia.





Desde que me conheço que tenho um pavor incrível de aracnídeos (nem em aranhas de borracha eu consigo tocar), mas sou a primeira a admitir que são um fenómeno da natureza (desde que não venham ser fenomenais para muito perto de mim).

Estas são as vizinhas da frente. Mas as vizinhas de trás também sabem ser repugnantes.



São muito tímidas (serão um casal?) e territoriais. Moram atrás deste vaso há vários anos e não podem ver uma lagartixa passar perto que atacam logo (achei muito interessante).
Vivemos todos em paz e usufruímos mutuamente de serviços. Eu providencio abrigo e água no Verão. As osgas, por seu lado, alimentam-se dos insectos que me dão cabo das plantas e também de aranhas (olha, boa...se bem que as aranhas também me ajudam...).

(Fotos tiradas durante a última semana)

sábado, 23 de outubro de 2010

Em Remodelações

Ando entretida com um recanto da minha casa que vai exigir algum trabalho de pinturas e algumas acrobacias. Tudo para receber uma peça maravilhosa que encontrei no lixo e que o meu querido marido já teve o prazer de reciclar. Eu diria mais, a peça precisava mesmo de curativos e algum carinho...
Aqui vai um cheirinho:



Quando estiver tudo pronto, mostro o resultado.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Colcha de Renda

Juro que ia desfazer-me desta colcha de renda  há cerca de 7 anos. O meu marido literalmente salvou-a dizendo que era pena, e que tinha um certo valor artesanal, e que até podia valer dinheiro. E eu lá guardei de novo aqueles quilos de renda sem sequer a desdobrar.
Até agora. Separei uns cobertores para os embalar a vácuo (agora tenho todos os edredons e cobertores guardados desta maneira) e deparei-me de novo com a colcha. Não sabia qual era o desenho nem as dimensões e tive uma agradável surpresa: era perfeita para a nossa cama.




Como é que os nossos gostos podem mudar tanto em relação à decoração?
Agora aprendi que devo dar uma segunda hipótese a certos objectos (desde que isso não implique atafulhar-me a casa nem roubar-me espaço precioso). Descobri também que quem fez esta colcha foi uma tia do meu marido, e estimamos que foi feita há pelo menos 40 anos.


quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Arranjinho floral barato e simples

É um bouquet de flores artificiais muito simples de fazer. As flores podem ser umas que se tenham em casa e não se sabe o que fazer com elas por serem foleiras (e ter flores artificiais de qualquer maneira pode ser bem foleiro) ou também se podem comprar por pouco mais de um euro nas lojas que vocês sabem muito bem ;)



Material:
Flores artificiais (que podem ser de papel, plástico, etc.) Eu usei umas flores de tecido
Jarra, copo ou outro recipiente bonito (este copo é da linha de W.C do Modelo)
Tesoura ou alicate de preferência (eu tive preguiça de ir buscar o meu)
Fita de ráfia (ou cordel ou outra coisa do género que tenham por casa)


Cortar o pé da flor com o comprimento máximo da altura do recipiente. Se for com tesoura, corta-se o plástico e depois dobra-se o arame até quebrar.

Retirar o que não interessa. Eu deixei apenas os raminhos brancos para compôr o bouquet.

Juntar bem as flores formando um arranjo compacto e começar a enrolar a fita começando por cima (deixar uma pontinha de fora), continuar até ao fim do pé e cobrir de novo para cima.

Cortar a fita deixando apenas os centímetros suficientes para dar o nó.



Inspirei-me noutro bouquet de flores artificiais que comprei uma vez no Gato Preto


O ideal seria ter sempre flores naturais, mas isso seria um valor incomportável para as minhas finanças domésticas.
 De qualquer forma, este post serviu só para demonstrar que consegue-se dar a volta ao estigma das flores artificiais e criar um artigo decorativo para a nossa casa com um mínimo de bom gosto.

Linked up to: My Romantic Home

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Mimos para a Casa de Banho

Esta semana comprei uns mimos para a casa de banho principal da nossa casa.
Isto que vou dizer, provavelmente será surpreendente, mas eu nunca tinha comprado uma cortina de banho na minha vida. Tínhamos a ideia de comprar um daqueles resguardos em acrílico ou vidro, mas depois veio o dilema: fixos ou articuláveis? E pareciam sempre tão caros... Nunca chegámos a comprar nenhum, e como achei que bastava de salpicos no chão fui á procura de uma cortina de banho. (Cada vez vejo mais fotografias de decoração em que as casas de banho têm cortinas simples e bonitas.)

Custou encontrar exactamente aquilo que eu queria: uma cortina branca de tecido (não plástico), mas que tivesse alguma textura. Ah, e com um preço justo, não estava disposta a dar 20 Euros ou mais.


Comprei um varão de inox (de canto) na Leroy Merlin e a cortina, as argolas, um saquinho de linho para a alfazema e um perfume de ambiente (não está na imagem) na Area.

Estava super entusiasmada, não via a hora de ver tudo colocado. Ainda arranjei um bocadinho de tempo para fazer um arranjinho de flores artificiais (vou mostrar como fiz no próximo post).

Já podem espreitar a nossa casa de banho...













terça-feira, 19 de outubro de 2010

Moldura para Casa de Banho

Comprei esta moldura já com a intenção de a pintar de branco e colocá-la em lugar de destaque na casa de banho principal da nossa casa.



Passei uma única demão de tinta branca sintética para obter um acabamento «shabby», ou "desmazelado", em Português.
Em seguida imprimi uma gravura com umas cores fortes, para sobressair das cores claras do resto da casa de banho. Afinei a impressora na qualidade mais alta e montei a moldura.



Esta semana estou a mimar-me tornando esta divisão mais acolhedora.

Continua...

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Coisas que nos animam

21.15h, miúdos a lavar os dentes à hora da caminha.
O Eduardo com espuma da pasta dos dentes a pender dos cantos da boca:

Cuidado... sou o Mestre Shifu!!


Mestre Shifu (Kung Fu Panda)




Agradeço desde já os vossos comentários positivos e carinhosos. O ânimo vai-se levantando aos poucos, um dia de cada vez.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Aparecemos novamente no Remodelaholic

Depois do Quadro do Alfabeto do quarto do Eduardo, o Remodelaholic apresentou o Quartinho da Diana.




Fiquei contentíssima.
 Este site faz um apanhado do que melhor se faz por esses blogs mundo afora: remodelações, reciclagem de peças decorativas ou de mobiliário, ideias originais e decoração de divisões, como foi o nosso caso.

Se o nosso marido não nos dá tantos elogios quanto os que precisamos (sim, estou a falar do meu), é bom sentir que há alguém do outro lado do mundo que viu, apreciou e comentou as fotografias do resultado do nosso esforço criativo.
É o melhor elogio. E eu estava mesmo a precisar.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Moldura Alfabeto- Versão para meninas

A moldura do alfabeto que fiz para o quarto do Eduardo, foi inesperadamente, o post mais visto deste blog.
Fácil, barato e original, achei que dava uma prenda muito gira e resolvi fazer uma versão para meninas para oferecer.
Comprei uma moldura com um relevo interessante, mas achei que tinha um acabamento demasiado escuro para a minha ideia.



Então passei uma demão rápida com uma tinta marfim, só para aclarar um pouco, mas deixando transparecer  a tinta de baixo. Acho que fica mais romântico do que uma cor muito opaca e uniforme.


Enquanto a tinta seca, recorro ao Word para elaborar o esquema de letras e cores.


Imprimi em papel fotográfico, usei papel colorido e montei a moldura.





Espero que ela goste...

Participámos com esta ideia em: Somewhat Simple, Fireflies and Jellybeans, Remodelaholic, C.R.A.F.T., Today's Creative Blog, Sugar Bee
       

© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig