segunda-feira, 29 de novembro de 2010

O YouTube pode ser uma boa escola


Que o meu filho tem um fascínio por desenho e por figuras de acção, já se percebeu.

Mas que o YouTube seria uma ferramenta tão útil para saciar o seu desejo de aprender a desenhar melhor as suas personagens favoritas, isso foi uma novidade para mim.
Descobri que um dos seus esboços do Venom, foi inspirado por este vídeo:





E este foi o esboço que ele concretizou:

sábado, 27 de novembro de 2010

O Natal já chegou a nossa casa

Truz Truz!

Eu: Quem é?


Sou o Natal!


Eu: Já em Novembro?


Pois, eu sei que este ano venho mais cedo, mas é que eu queria mesmo vir já alegrar a sua casa...


Eu: Então entre Sr. Natal, e instale-se à sua vontade. Meninos!! O Natal chegou!










quarta-feira, 24 de novembro de 2010

A melhor coisa que eu já encontrei no lixo

Já encontrei muitas coisas interessantes no lixo. E ultimamente adquiri o hábito de estar atenta quando passo de carro e vejo muita coisa amontoada ao lado dos contentores.

Nem queria acreditar na minha sorte quando vi aquela mesinha tombada ao lado do contentor, e mais atrás, o respectivo tampo em pedra mármore (!).
Estava muito gasta e precisava de reparações a nível dos torneados das pernas (que tiveram que ser reconstruídos com uma massa). O tampo também estava muito picado e baço.









Eu tinha enormes expectativas em relação a esta mesa (andava em pulgas para a colocar no lugar definitivo), e estava esperançosa de que ela fosse ajudar a dar um up, e transformar a minha escada triste e desactualizada:




Depois de muitos dias de pinturas (sim, tenho andado esgotada, e demorei uma semana para pintar as duas paredes da escada), tenho o prazer de mostrar a nossa escada nova:









E á noite, ligo o candeeiro, mesmo não tendo nenhuma ficha de electricidade ao redor... O segredo? Coloquei uma vela (das que duram 9 horas, no Ikea) perfeitamente encaixada nas varetas do abatjour, por cima do casquilho.




E é, ou não é karma, o facto da mesinha ter a inicial do meu nome?

Linked to: Fireflies and Jellybeans, Somewhat Simple, Lucky Star Lane, The Shabby Chic Cottage, Blue Cricket Design, Domestically Speaking, Passionately Artistic, Primitive & Proper, Remodelaholic, Shabby Nest, A Little Knick Knack, Polly Want a Crafter?,Sugar Bee, My Romantic Home

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Partilha de Ideias: Gratificante e Produtiva



Que bom que é começar a semana com elogios.

A minha almofada de feltro, que eu gostei tanto de fazer, foi apresentada no blog norte-americano C.R.A.F.T. como uma das cinco melhores ideias apresentadas esta semana (de entre receitas e manualidades).




Qualquer um pode participar com a a sua ideia, projecto ou receita.
Basta colocar o link do seu blog com a ideia que pretende partilhar (no caso deste site, é sempre ás segundas) e aproveitar para retirar ideias interessantes dos projectos das outras bloggers. Eu acho extremamente interessante e produtivo, e com esta, já é a 4ª vez que os meus projectos foram destacados.
O quadro do alfabeto já foi apresentado por dois sites diferentes aqui e aqui, depois foi o quartinho da Diana, e agora o da almofada de feltro.

Ah! E a almofada, coloquei-a na caminha da Diana, junto com o rolo ás pintinhas que fiz há uns meses. Tenho mais duas ideias de almofadas diferentes para concretizar e juntar a estas nas próximas semanas.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

O meu Médico

Tenho um médico tão querido, mas tão querido...

Dá-me beijinhos, diz que vai tratar muito bem de mim, é carinhoso, e é um bonitão. Tenho tanta sorte!
Tem a minha radiografia na mão e, enquanto rabisca uns apontamentos, diz que eu vou ficar boa.

Vou mostrar como está a minha última radiografia:


E o meu médico privado:


segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Almofada em Feltro

Comprei o feltro há bastante tempo com a ideia fixa de fazer uma almofada.
Como não tenho energia, mas preciso de ocupar a cabeça, escolhi este projecto e fi-la no fim de semana.

Material para começar: 1 metro de feltro, tesoura, lápis, fita métrica e uma almofada ou enchimento apropriado.


Medi o feltro e reservei a quantidade necessária para a fronha de almofada.



Com o feltro que sobrou (50 cm) desenhei e cortei círculos em dois tamanhos diferentes. Procurei pela casa objectos redondos com as medidas que eu queria e acabei por usar a boca de um copo e o fundo de um castiçal. Tracei com um lápis somente o necessário para se conseguir ver o círculo, sem marcar muito.



Recortei todos os círculos. Foram cerca de 15 de cada tamanho.



Cosi a fronha para a almofada á máquina, com o ponto bem apertado (para não correr o risco do feltro esgarçar) e deixando uma margem pequena.


Dobrar o círculo ao meio



Dobrar de novo, e prender com um alfinete

Depois de fixar com alfinetes, dei alguns pontinhos com a máquina de costura para manterem esta forma.

Comecei por coser os círculos dobrados á mão, mas notei que se tornava muito moroso e eles não ficavam exactamente como eu queria. Acabei por colá-los com cola quente, e foi mesmo o ideal, porque se tornou rápido, podia dispô-los de antemão, e o feltro ficava mesmo fundido (atenção, é mesmo muito difícil arrancá-los se houver um engano).



Fiquei mesmo contente comigo própria, e orgulhosa de ter concretizado exactamente o que eu queria.
Agora resta decidir onde vou colocá-la...








sábado, 13 de novembro de 2010

A primeira coisa que eu encontrei no lixo

Adoro-a.
É uma mesinha de cabeceira (mesmo pequenina), que eu encontrei à beira de um contentor, quando ainda era solteira e morava num andar.
Fiquei mesmo surpreendida por encontrar um achado daqueles numa zona onde mora essencialmente gente jovem. Secalhar por isso mesmo é que deitam estas coisas fora. Quando têm mais recursos vão ao Ikea e livram-se destes móveis que eram dos pais ou assim... Pois ainda bem!

Quando juntei os trapinhos e viemos para esta casa maior e com espaço exterior, tive a oportunidade de a tirar da garagem e comecei a tratar da mesinha. O mais engraçado é que eu tenho documentada essa altura. 

Os miúdos eram tão pequeninos e ajudaram-me.







A Diana tinha dois anos e meio e eu estava a desfraldá-la. O Eduardo tinha um ano e meio. Estavam todos sujos e despenteados, e eu tenho sempre saudades (e vontade de rir) quando vejo estas fotografias.

Tenho também um vídeo daquele momento que mostra bem a personalidade de cada um. Rio-me sempre com o final.

video


A minha filha vai ser uma grande actriz...

Depois a mesinha ficou assim:




© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig