terça-feira, 30 de agosto de 2011

O Segredo é a Alma do Negócio

Retomando o post anterior, gostava de explicar o meu ponto de vista e esclarecer esse ponto.

Fico muito feliz quando se inspiram com este blog.
A ideia é mesmo essa, e o conceito de mostrarmos a todos o que fazemos, é um acto generoso e desinteressado de partilha de soluções e ideias.
Adoro receber emails e/ou comentários de leitores que me fazem perguntas e me mostram criações suas. Umas são inspiradas pelo blog, outras não, mas aquela cumplicidade e simpatia dá-me ânimo e faz-me continuar.

Mas depois fico decepcionada e triste quando vejo que copiaram e não referem onde viram, nem sequer uma palavra simpática (uma cortesia de blogger), nem um comentário no nosso post!
Não sei se o fazem por orgulho, não compreendo mesmo.
Já deixei de seguir blogs por causa disso.


Cada peça que faço é única, e foi fruto de muitas horas de tentativas e dores no pescoço... Demoro pelo menos três dias para concretizar cada peça (se correr tudo bem).
Por esse motivo, não gostava nada de ver as minhas ideias copiadas (ou até a fazerem-me concorrência), ainda mais agora que me servem de fonte de rendimento.


Sei que perco não fazendo divulgação aqui no blog. Era publicidade simples e barata, e sempre teria mais umas centenas de potenciais clientes.
Mas também penso naqueles que apenas estariam interessados em copiar a técnica...



Ando muito entusiasmada com este projecto, que por um lado é um estímulo importante á minha criatividade, por outro, é um rendimento extra para o nosso lar. Não gostava de perder isso.

Se já morreu de curiosidade, então não precisa de ler o que a minha filha muito ingenuamente me perguntou enquanto eu preparava a encomenda para as Arábias:

Ó mãe, será que eles vão pensar que são tapetes voadores?






segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Há Coisas Fascinantes

Tenho andado entusiasmada com um projecto em que vendo criações minhas numa loja online. Por esse motivo, não tenho dedicado tanto tempo ao blog como gostaria.

Há uns dias atrás, recebi uma encomenda generosa de uma senhora que me perguntava se eu poderia enviar para um país desses do petróleo... A princípio, fiquei um pouco desconfiada, mas como os pedidos são pagos em adiantado e através de um sistema seguro, o Paypal, pus esse problema de parte.

O meu marido disse logo: Opá, isso deve ser a mulher de um gajo desses do petróleo, aproveita.
És mesmo parvo - disse eu - como se isso fosse possível.

Trocámos várias ideias por email, e percebi que era uma decoradora de interiores. Mostrou-me fotografias do enorme quarto de menina, com belos tecidos, papéis de parede, peças lindas de mobiliário, e uma zona de estar com sofás e poltronas - um autêntico quarto de princesinha!

Quando acertámos os pormenores da encomenda, a N., enviou-me a morada de envio:

Palácio do Príncipe Ratátá bin Ratá bin Rá bin Ratatatá*...
Nem número de porta nem nada.
(*Por uma questão de profissionalismo, não irei revelar o nome.)

Afinal o meu marido é que estava perto...

Gostei tanto da ideia de as minhas criações irem para o quarto de uma princesa que desta vez não é a minha!

O leitor vai perguntar que criações são essas afinal...
São peças artesanais que me têm consumido muito tempo, e que têm sido aprimoradas por mim através de tentativa e erro.
Por esse motivo, e por utilizarem uma técnica pouco vista no mercado, irei por agora mantê-las apenas no Etsy.



Espero continuar com o trabalho e com sorte ;)


sexta-feira, 26 de agosto de 2011

25 Maneiras de Usar Lenços e Cachecóis

É um vídeo bem disposto que mostra 25 combinações diferentes para usar vários tipos de écharpes, lenços ou cachecóis.
Das formas mais simples ás menos óbvias, achei um vídeo muito útil para todas as mulheres.

No final, também poderá clicar nos que gostou mais para uma demonstração mais detalhada.
Adorei!





segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Doseador de sabonete transforma-se em jarra de flores

Que o barato sai caro, já a minha avó me dizia...

Cá em casa, já perdi a conta aos doseadores que comprei. Temos doseadores de sabonete líquido nas três casas de banho e mais um na cozinha. Tendo em conta que em média não duram mais de uma ano, é fazer as contas... Ai ai, e depois eu gosto é daqueles metálicos com um ar chique e caro (não gosto dos de plástico), quando os compro baratos sai-me sempre o tiro pela culatra. (Os que têm aguentado mais vieram do Gato Preto e do Ikea.

Quando começam a marcar a loiça do lavatório com ferrugem e o doseador começa a ter este aspecto miserável, é hora de irem para o lixo...


Mas quando o reservatório tem um design interessante, podemos reutilizá-lo dando-lhe novo uso.

Oi, oi! Onde é que vais com isso? - disse o meu marido com ar acusador, quando viu que eu não ia deitar tudo para o lixo... Confia em mim, disse-lhe.

Este foi o resultado.




 Acho que fica bem em vários cantinhos, mas fazia falta um elemento decorativo na secretária do escritório. Agora já posso blogar numa área mais convidativa, mas tenho de dispensar mais um bocadinho de atenção ao escritório.


É a divisão mais escura e masculina da casa. Já tratei do sofá , irei tratar um dia daquele baú (está ali muito trabalhinho...) e também queria forrar a cadeira e trocar o quadro. Quando encontrar o tecido ideal mostro o antes e depois.


terça-feira, 16 de agosto de 2011

O Pregão mais engraçado de sempre

Nas férias, era ver passar os vendedores ambulantes com os gelados, as batatas fritas, a bolacha americana, ou até com bolos típicos.

O pregão: "É frutóchocolate, olha a bolacha americana...", já estávamos habituados a ouvir.

Mas nós fomos surpreendidos por um pregão bem engraçado, que nos fez virar as cabeças.

♪ Menina bonita não paga... 
...
Não paga mas também não come!




quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Arroz Doce na MFP (Receita Aprimorada)

Finalmente posso fazer uma receita que gosto tanto, sem ter trabalho nenhum!

No entanto, tive que aprimorar a receita que se vê pela web, porque à primeira, o arroz ficou cru, e tive de  repetir o programa quase todo outra vez, ficando depois seco...

A receita é:

1 litro de leite (+ 1 dl)
200 gr de arroz carolino
100 gr de açúcar
2 colheres de sobremesa de farinha Custard
1 casca de limão
canela em pó a gosto

Colocar todos os ingredientes na cuba pela ordem indicada (excepto a canela).
Seleccionar o programa das compotas. O meu demora 1h20.
A receita refere que quando a máquina apitar, se deve apenas retirar a casquinha do limão, e verter o conteúdo em tacinhas, e polvilhar com a canela.

Ora, nesta segunda tentativa, coloquei mais leite, cerca de 1 dl a mais. A máquina começou a correr o programa, e eu reparei que o movimento das pás fazia salpicar muito leite, e estava a sujar-me a máquina toda por dentro. O meu maridinho teve a ideia de cobrir a cuba com folha de alumínio, que além de proteger dos salpicos, acabou por permitir que o arroz cozesse mais depressa do que da última vez. Também deixei o arroz repousar lá dentro fechado por uns 15 minutos.




Resultado: um arroz doce tão suave e cremoso como eu raramente comi. (Eu sou muito esquisita com o arroz doce, e tenho mesmo aversão a comê-lo quando feito por estranhos.)

Deu para nove porções.






segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Ideia duplamente Prática e Decorativa


Cá em casa gostamos de mudar a decoração sem que isso signifique obrigatoriamente gastar dinheiro.
Ás vezes basta trocar as coisas de lugar, normalmente entre divisões.

Quando o assunto se remete a quadros, há a questão dos pregos.
Normalmente não gosto muito de os trocar porque detesto furos nas paredes.
Quando o furo novo é mais acima, não existe grande problema porque o furo anterior fica tapado pelo quadro.
Mas quando o prego antigo (e consequente furo) fica á vista, podemos optar por uma solução muito decorativa, mas que apenas funciona com peças ou molduras de pequenas dimensões ou de baixo peso.

Com uma fita de cetim numa cor á escolha, fazê-la passar pela argola da moldura (no meu caso, é o prato marcador que mostrei neste post), afinar a altura a que se fará o nó e posteriormente, o laço.


Para pendurar o prato marcador, usei uns adesivos específicos, à venda na Leroy Merlin.
 E pronto!
Uma ideia decorativa que também pode fazer maravilhas nos quartos de meninas.



sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Coisas que não se dizem a uma mãe trintona

Eduardo (enquanto se roça no meu braço): Gosto tanto de ti, és fofinha.
Eu (babada): A mãe é fofinha?
Eduardo (enquanto examina o meu braço): Tens os braços fofinhos... eles abanem...
Eu: Bolas...


quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Comprinhas das Férias

Férias são sinónimo de descanso e lazer.
Aliado ao lazer, tenho associado o acto de procurar umas coisinhas bonitas cá para casa.

Na loja Jom, encontrei um prato marcador que vou utilizar na parede. Produz um efeito quase de espelho. Parece caro, mas custou 5€.
Os frascos de vidro, podem servir para guardar licores, essências... Ficam bem em qualquer parte da casa, desde a sala á casa de banho. Custaram 1.50€ cada.



O pássaro artesanal, foi prenda de aniversário. Achei-lhe tanta piada, que o meu marido ofereceu-mo.
As conchas naturais em madrepérola custaram 1€ numa loja perto da praia. Gosto deste tipo de lembranças, em vez de outros objectos mais literais, como os faróis em miniatura ou os ímanes para o frigorífico.



A pinha foi outro amor á primeira vista. Parece uma peça do Jonathan Adler, e também veio da Jom. Foi um pouco mais cara: 9€.



A propósito do post que fiz sobre hortênsias, e como fazê-las durar mais em jarras, quero acrescentar que se o procedimento for bem feito, e a flor não for muito tenrinha (nova), elas podem durar não uma semana, mas um mês.

Como temos umas hortênsias gigantescas, uso um decanter como jarra. As flores ficam direitinhas e estáveis.

P.s: E só agora reparei que tenho o pássaro com o rabo a apontar para quem entra na sala...


© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig