quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Tosquia ao Tapete de Lã

O título poderá ser curioso, mas é mesmo o que faço ao nosso tapete da sala, mais ou menos uma vez por ano.

O tapete em questão foi adquirido no Ikea, há uns 4 ou 5 anos, e foi uma das melhores aquisições que já fiz, pela qualidade e pela durabilidade (infelizmente foi descontinuado). Além disso, é reversível!
É um tapete 100% lã mesclada, muito suave, combina com tudo, e tem a enorme vantagem de repelir mesmo as nódoas: um dos miúdos entornou certa vez um iogurte inteiro no tapete, e consegui remover tudo apenas com papel de cozinha e um pano húmido. O facto de ser mesclado e não liso, ajuda a disfarçar muito bem as marcas de um uso diário intensivo.

O único senão, é mesmo o facto de criar borboto. Além de ser inestético, aprisiona cabelos e outros detritos, o que os torna mais difíceis de remover quando aspiro. Quando começo a ver bolinhas brancas pela sala, assim estilo faroeste, é porque está na altura de lhe fazer o penteado.



Resolvo a situação tosquiando-o anualmente com uma máquina específica para animais (usávamo-la na nossa Fifi), e vou avançando tira a tira. Dá logo para ver os resultados:


No final, fico com um tapete como novo outra vez.


E as sobras...


Parece que tosquiei um caniche...!



18 comentários

  1. Ahaha, essa é boa! Agora quando li o titulo fiquei a pensar que ias tosquiar o tapete perto da lareira, quase que me dava uma coisinha má ;p)


    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando eu fizer isso é sinal que preciso urgentemente de cuidados médicos :) Beijinho

      Eliminar
  2. Se essa maquineta também fizesse milagres nas camisolas de lã, acho que me iria fazer tão feliz! :)
    O tapete ficou impecável.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És uma rapariga fácil de contentar! :) Beijinho

      Eliminar
    2. Adivinhaste! Sou mesmo. São sempre as coisas mais simples e quase sempre sem grande importância para os outros que me fazem feliz :)
      Beijinhos

      Eliminar
    3. São mesmo. Partilho inteiramente a tua opinião! Eu também sou uma rapariga fácil de contentar. Beijo*

      Eliminar
  3. Ficou como novo, é uma excelente ideia!
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Tu és demais :p

    Lembras-te de cada uma! Gostei :)

    bjs

    ResponderEliminar
  5. realmente ,um caniche e já com muito pelo :)*

    ResponderEliminar
  6. Ideias não te faltam! Ficou óptimo!
    Beijinhos
    Maria João

    ResponderEliminar
  7. Lembras-te de tudo. Ideias não te faltam. Ficou óptimo.

    Beijinhos

    Maria João

    ResponderEliminar
  8. Bem, tu com máquinas de cortar cabelo e de tosquia és imparável. Ele é o cabelo da família, é o tapete da sala... safa, olha se eu calho a morar aí perto =)

    Agora a sério: é uma boa dica, sem dúvida. Tens sempre ideias muito originais.

    Um beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah pois é! Faço o penteado ao pessoal todo cá de casa, nem a cadela escapava (faleceu há uns meses).
      E em relação ao tapete, eu lembro-me que comecei por cortar as «berlaitas» maiores com uma tesoura, mas depois pensei que como era pêlo natural, não me estragava a máquina e faria um trabalho mais perfeito num instantinho. E fica logo como novo, adoro este tapete.

      Beijinho e obrigada pela risada.

      Eliminar
  9. Que óptima ideia, o resultado é excelente.

    ResponderEliminar
  10. Ai caraças o que me ri. ehehe. Nunca me tinha lembrado de tosquiar um tapete.... Mas é realmente boa ideia e ficou como novinho!! ;)

    ResponderEliminar
  11. Que estranho! Um tapete que tem a mania que é caniche!! eheheh!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou então a ovelha esqueceu-se que agora é tapete :)

      Eliminar
  12. Oi Carla, querida, você foi escolhida por mim para receber o selo do Premio Dardo e o selo esta em meu blog, é só dar uma passadinha lá para pegá-lo.Um bJ no seu coração ♥

    ResponderEliminar

© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig