domingo, 29 de setembro de 2013

Ganhe um Tapete de Crochet e uma Almofada Zig Zag Personalizável

 Eu e a Lisete (White Glam) temos surpresas para si.

Ganhe um tapete de crochet azul pastel e uma almofada zig zag numa cor à sua escolha e com a inicial que preferir.



Para participar, faça login no quadro abaixo com a sua conta Facebook ou o seu nome e email. Só tem de ser seguidor Arte & Manha e White Glam e fazer like em ambas as páginas no Facebook. (Use o quadro para seguir este passo.)


Obtenha entradas que valem a dobrar partilhando publicamente esta oferta na sua página pessoal Facebook ou no seu blog. (Coloque o url da publicação no quadro abaixo.)

Pode participar até ao dia 14 de Outubro, data em que as entradas serão verificadas e o/a vencedor/a será escolhido aleatoriamente através do Rafflecopter.

Apenas para residentes em Portugal Continental e Ilhas.



Boa sorte!

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Tornar um Tapete Antiderrapante

O quarto da nossa filha ganhou um elemento fofinho, fofinho...!


O tapete Tejn do Ikea é uma imitação em pelúcia do tapete em pele verdadeira, mas é muito mais barato e o toque é praticamente igual (fiquei surpreendida com este pormenor). É super macio e confortável debaixo dos pés, mas tem um inconveniente: escorrega muito.


Não dá muito jeito colocar um antiderrapante daqueles à venda, debaixo de um tapete tão pequeno. Estaria sempre a fugir do lugar e a espreitar em volta. Teria que se fixar de alguma forma e eu já não estava a achar piada nenhuma a esta trabalheira e despesa extra.

Foi quando me ocorreu que já tinha afixado no Pinterest uma solução que talvez resolvesse o problema das derrapagens e sem gastar dinheiro.

Com uma bisnaga de silicone fizemos umas linhas espaçadas ao longo do tapete. Depois foi só deixar que secasse e já está: um tapete seguro sem mais apetrechos.




Perfeito para uma princesa irrequieta!

Nota: este efeito só resultará com silicone. Outras massas ou colas (cola quente nem pensar!) ficarão demasiado secas e duras e só agravarão a situação.
O silicone demora bastante tempo a secar totalmente: conte com pelo menos 48 horas de secagem antes de colocar o tapete no chão.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Retirar Pastilha Elástica do Cabelo

Como mãe de uma menina, ainda não me havia deparado com este desafio: retirar pastilha elástica do cabelo.

Tinha-lhe cortado o cabelo curtinho pelos ombros como ela gosta fazia apenas uns dias, quando num momento de brincadeira e distração, a pastilha salta da boca e prende-se no cabelo.
A minha filha ainda tentou retirá-la para não me arreliar, mas só piorou a situação. Veio ter comigo neste estado:


Que nhéca. Comecei a suar. O desastre era mesmo à frente, e o cabelo tinha sido cortado há tão pouco tempo que levar agora uma tesourada... não sei qual de nós estava mais aflita!

Ok, eu sabia do truque de retirar pastilha elástica do cabelo com ajuda de óleo ou azeite, mas se por um lado nunca tinha experimentado, por outro tive poucas esperanças que este truque realmente removesse uma chiclete tão miseravelmente imiscuída como aquela.

Usei óleo Johnson's para untar bem a calamidade e comecei a ripar a pastilha para baixo com a ajuda de um pente de plástico.
O que eu sei é que em menos de dois minutos consegui remover totalmente aquela Gorila do cabelo da minha filha.


Lembro de me acontecer o mesmo em pequena, mas o desfecho foi diferente: a minha mãe cortou-me mesmo o cabelo... Fica a dica.

Mãe-1, Pastilha-0.



segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Nova Página no Facebook

O blog já tem Facebook!

Depois de tantas vezes ouvir perguntar se o blog tinha página no Facebook (ou porque é que não tinha), decidi avançar e criar uma. Já pode fazer like.



Estou também muito entusiasmada porque o blog vai realizar em breve o primeiro giveaway, e prepare-se porque os prémios vão valer a pena! Fique atento aos próximos dias.

Boa semana!


quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Almofadas Azul Navy com Fecho


Se há coisa que eu gosto e não posso ter devido ao preço, são as almofadas com padrões geométricos e coloridos muito em voga nos EUA, e que começam também agora a espreitar em Portugal.

Mas 100€ por duas almofadas não está definitivamente no meu orçamento!

Fartei-me de procurar online por tecidos geométricos com um preço que me permitisse fazer eu própria, umas almofadas para o sofá a um preço razoável. Encontrei no fabric.com o Kirkwood Admiral, que me chegou dos Estados Unidos em 2 dias via DHL, fantástico!

Usei esse tecido para transformar drasticamente o tabuleiro de mesa, e agora vou mostrar as duas almofadas que fiz com 50 cm de lado. Se tivesse feito apenas estas almofadas, ficaria cada uma por 13.35€, o que já não seria mau! Mas o tecido sobrante ainda me permite fazer mais duas almofadas pequenas rectangulares (para poltronas), o tabuleiro que já falei, e ainda sobra tecido para forrar uma cadeira e ainda uma caixa (ena tanta coisa).

Foi a primeira vez que apliquei um fecho, e não correu nada mal. Preferi fazer as almofadas com fecho em vez de acabamento tipo envelope, porque assim a almofada pode ser usada dos dois lados sem se ver nenhuma aba nem interrupção do padrão.

Para fazer o fecho, segui diversos tutoriais sobre o assunto no Pinterest, e acabei por misturar um pouco as técnicas. Acontece que fui fazer a primeira almofada, toda lampeira, e desgraçadamente, deixei o fecho para o fim... Oh senhores, a trabalheira que aquilo me deu com o tecido ali todo amontoado. Ainda por cima foi logo a primeira vez que colocava um fecho! Vá lá, a coisa até correu bem, e ficou bastante perfeito e escondido como eu queria.



Apesar de não ter muita experiência com a máquina de costura, tentei deixar o avesso o mais perfeito que conseguia, para não se desfazer com o uso e as lavagens, e eu poder orgulhar-me delas por muito tempo.
Ainda tentei fazer da forma mais fácil com um ponto zig zag em toda a volta, mas o tecido esgaçava como serapilheira. Foi por isso que optei por esta forma, que deu mais trabalho mas ficou um avesso mais bonito.


O tecido tem bastante porte e ficou muito bem com o enchimento de penas. Pode inclusive ser usado no exterior (mas não é impermeável).

O meu marido elogiou imenso o trabalho e o padrão (ele não costuma ser muito efusivo).
Adoramos as nossas novas almofadas!





segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Coroa/Grinalda de Porta de Verão


Este é um enfeite de porta simples e de inspiração campestre, que fiz para oferecer a uma amiga especial.

Usei flores artificiais, e fiz eu própria a base da coroa utilizando jornais que moldei e cordel para forrar.






Boa semana (alegre e colorida, se possível)!


segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Tabuleiro Reciclado :: Como Pintar Laminados

Este objecto cor de laranja não é bem um tabuleiro. Comprei-o na area há vários anos, e na altura usava-o como fruteira. Depois deixei de gostar dele e usei-o dentro do armário para armazenar guardanapos (daqueles grandes).


No outro dia, andava eu a destralhar uma quantidade formidável de coisas quando peguei na tal caixa cor de laranja. Ia deitá-la fora quando me ocorreu uma ideia de reciclagem.

Já alguns leitores me perguntaram se é possível pintar laminados e/ou como fazê-lo. 
O tratamento que dei a esta caixa mostra uma forma simples e eficaz de o fazer.

O laminado não deve ser lixado com as lixas habituais: corre-se o risco de danificar as arestas e expor o aglomerado ou o mdf. Eu usei um esfregão próprio para matizar todas as superfícies a pintar, mas pode usar um esfregão verde daqueles da loiça.

Pretende-se retirar o brilho para promover a aderência das tintas.
Consegue ver a diferença? O lado esquerdo foi esfregado e matizado, enquanto o lado direito permanece com o brilho original.


Depois de bem limpas as superfícies, deverá obrigatoriamente usar um primário. Não é um produto caro e garante uma qualidade e acabamento irrepreensíveis. Nos últimos trabalhos tenho utilizado este da marca própria da Leroy Merlin, que tem uma boa qualidade/preço.



Depois do primário, usei uma tinta acetinada Bege Lua, um branco quebrado para condizer melhor com o tecido que iria usar no fundo do tabuleiro. Deve aplicar pelo menos duas demãos de tinta.


Depois apliquei tinta dourada em todo o rebordo do tabuleiro para obter a combinação que eu imaginara: azul escuro, branco e dourado. (A tinta dourada vende-se em latinhas pequenas, da marca Titan.)


 Usei também um bocado de couro que tinha cá em casa, e entrancei-o para criar umas pequenas pegas.


Só falta o tecido. Cortei um quadrado com a medida certa do fundo e usei a técnica da cómoda forrada a tecido para o fixar com cola de madeira. O tecido fica um bocado baço no princípio, mas não se preocupe porque depois de seco, volta à cor original.


Tcharan! Adorei este resultado... quem diria.






Como vamos de reciclagens aí por casa?
Boa semana!


© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig