segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Uma Solução para os Mármores da Entrada

Certa vez apelidei a entrada da nossa casa de A entrada mais feia de Portugal.

Há uns anos optámos por cobrir os feios mármores (maiores culpados de tamanha fealdade) com papel de parede. Ficou muito giro mas resultou mal: com o passar dos anos o papel começou a descolar por toda a parte ficando com um aspecto lastimável. Ainda tentámos reparar o estrago mas o papel começava a descolar novamente.


O diabrete cumprimentava-me todas as manhãs.



Há pouco tempo decidi-me por uma solução mais simples e económica do que qualquer revestimento: pintar simplesmente o mármore.
Para retirar o papel não foi necessário nenhum tratamento prévio: as folhas saíram inteiras sem esforço nenhum (ao menos isso).
Limpei e desengordurei muito bem a superfície. Apliquei um primário multi superfícies da Leroy Merlin e em seguida uma tinta acetinada resistente à lavagem e a bolores (a entrada é um pouco húmida) - Robbialac Advance. Pedi conselho sobre a tinta (seria necessário aplicar tinta de azulejo?) e foram-me indicados estes dois produtos com a garantia de bons resultados.
Após uma demão de primário:


Algumas demãos depois consegui obter uma entrada mais luminosa, harmoniosa e suave, convidativa como eu acho que deveria ser. O branco suporta muito melhor a pesada cómoda.






Os sulcos dos intervalos entre os mármores foram tratados mas ficam sempre a ver-se. De futuro conto colocar um friso na separação com a parede e ripas estreitas a ocultar os sulcos, dando a ideia de lambrim. Também será colocado um rodapé.
A floreira (também em mármore...) está em stand-by. Será que devo pintá-la com a mesma tinta ou criar uma coisa diferente? Estou com vontade de a pintar (excepto o rebordo).

Boa semana!

28 comentários

  1. Olá Carla, sou nova a comentar mas não a ver os seus excelentes trabalhos ;) esta entrada não está facíl mesmo, adorei o tratamento que deu à mármore do chão, no entanto a mármore da escadaria ficou a destoar, em relação ás paredes na minha opinião o ideal seria mesmo ter retirado o mármore seria uma opção definitiva neste caso apenas remediou, quanto à floreira eu pessoalmente tirava-a e colocaria um vaso alto talvez, ou dexaria o canto mesmo sem nada, peço desculpa pelas minhas observações a Carla é excelente eu sou uma leiga. Beijinhos

    Mónica Almeida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mónica, realmente foram os degraus que ficaram a destoar quando combinados com o chão, que ficou claro e brilhante. Precisavam do mesmo tratamento, mas custam 20€ por degrau... o que é uma despesa considerável.
      Esta entrada era um festival de mármores... e retirá-los estava fora de questão. Já tivemos a nossa dose quando removemos os mármores da casa de banho principal e do chão da cozinha: são muito espessos (eu diria 20 mm) e é uma obra considerável. Penso que aqui não se justificava, ainda teria que reparar as paredes e teria sempre que colocar outro revestimento ou estucar tudo. Está a ver a despesa e o trabalho (e o entulho!) :)
      Eu até gosto da floreira, porque são pormenores (como o caso da porta que também foi restaurada) que fazem desta casa diferente, só temos de os adaptar.
      Obrigada, beijinho.

      Eliminar
  2. Eu acho que ficou "quase " perfeito! E digo quase, porque apesar de dizer que tratou as juntas, elas notam-se!? Acho estranho, porque ao enchê-las com massa própria e lixar para alisar de seguida, por norma fica uma superfície uniforme e aí sim, teria ficado perfeito, apenas ficava a faltar o tal friso no topo! De qualquer forma ficou com um hall novo.

    Beijinhos,
    Anabela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficam sempre a ver-se as juntas por causa dos desníveis entre as pedras, que essas sim não são perfeitas...

      Eliminar
  3. Bom dia Carla eu gostei do resultado ,ficou bem mais iluminado.
    A tinta cobriu muito bem o mármore deu um ar bem sofisticado.
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  4. Ficou muito melhor! :)
    Quanto à floreira eu pintava ou aplicava madeiras na vertical tal como está com o mármore. E a escada?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A parede da escada também é para pintar, mas não é urgente.
      Antes disso quero fazer o mesmo aos mármores das paredes da cozinha :(

      Eliminar
  5. Olá Carlinha! Mais uma boa sugestão! Sabe, eu até gostava do mármore, se calhar precisava era de ser polido... Mas já que optou por pintar, também gostei do resultado final! Um grande xi-coração, Manela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Manuela, não... Do lado da banqueta eles não eram feios, mas do lado da cómoda eram mesmo muito escuros, medonhos. E estavam polidos, foi essa uma das razões que levou o papel a não agarrar. Beijinhos!

      Eliminar
  6. Olá Carla, não consegues pintar a parte azul das escadas ? Beijinho Sofia Costa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pretendo sim mudar o azul e fazer a continuação em branco, mas por agora tenho outras pinturas mais urgentes, como o espaço exterior e a cozinha. Beijinhos

      Eliminar
    2. Porque é que o filme "casa" nunca acaba ???? Beijinhos , Sofia

      Eliminar
    3. Ui, esta casa é uma (muito) longa metragem :)

      Eliminar
  7. Realmente a entrada de uma casa é o seu cartão de visita por isso deve ser agradável para quem lá vive ou a visita. E isso foi conseguido com esta decisão de pintá-la! Está muito leve e luminosa e de facto a cómoda antiga torna-se menos pesada na decoração. A combinação de quadros e esse "5" ficou bem gira! As molduras são clássicas mas esse "5" dá um toque moderno e divertido! :)
    Acho que pintar o mármore da floreira ficaria bem!

    Beijinhos,
    Sofia
    Blog: Frames and High Heels

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela tua opinião Sofia!
      A entrada parece-me mais leve e arejada, nada a ver. A composição foi surgindo lentamente (e ainda não está terminada) e os elementos pretendem-se diferentes do habitual, que bom que gostaste :) Beijinho!

      Eliminar
  8. Olá Carla. Gostei muito de ver o resultado final, o mármore não combinava muito bem e a pintura, acabou por dar um ar muito mais fresco e acolhedor à entrada :) beijinho, ´

    Maçã e Canela

    ResponderEliminar
  9. Muito melhor, na minha opinião! Se soubesses quantas vezes me lembro de ti quando olho à volta aqui em casa... também estou rodeada de mármores "lindos" dos anos 70 aqui e ali. Já pensei em pintar os que mais me incomodam, qualquer dia, é dia! Estão todos em óptimo estado, mas são a coisinha mais feia do mundo, benzósdeus :D

    Gostei muito da renovação e arriscaria pintar a floreira noutro tom, sim, Se não gostares podes sempre pintá-la de branco também, mas pela foto parece-me que uma pintura lhe daria maior destaque.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Realmente aqueles mármores eram de fugir! Assim ficou muito bem!

    ResponderEliminar
  11. Olá,

    Já pensaste pintar com fractalis ou tinta de areia?

    Beijinho
    Susana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susana. Como os mármores são muito lisos e o único problema são só as junções, eu prefiro manter um lambrim liso com apenas uns frisos. Já usei tinta de areia para uniformizar paredes muito degradadas ou com muitos defeitos, mas pessoalmente, detesto. E depois não há como voltar atrás :(
      Beijinho

      Eliminar
  12. Ficou óptimo!!!!
    Também pintei os mármores de minha casa e eram muito mais suaves!!
    esses eram realmente medonhos para o nosso gosto actual :)
    mas acho uma boa idéia não os ter retirado, porque um dia esses mármores podem valer uma fortuna e os gostos mudam!!

    Beijinhos!
    Andreia Gomes

    ResponderEliminar
  13. PS: A floreira ficava bem a branco tb, uma vez que não planeias pintar os rodapés.

    Andreia Gomes

    ResponderEliminar
  14. Não mudaria os mármores .São revestimentos nobres e lindos! E estes são especialmente únicos. Valorizam sua casa. Mas enfim, a casa tem que ter a cara da dona ,faça do seu jeito e gosto, que também fiará linda!

    ResponderEliminar
  15. Estou chocada com tamanha ignorância e falta de gosto.
    O problema minha querida não era o mármore lindíssimo, um revestimento nobre e executado da forma correcta, o problema era tudo o que estava à volta. Daqui a uns anos irá certamente estremecer sempre que se lembrar do que fez aqui... Mas bem a casa é sua, faz o que lhe apraz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, minha querida. Há coisas que eu sei de coração que nunca me irei arrepender.
      Estou chocada com tamanha ignorância em teimar querer manter acabamentos dos mais baratos e ruins para a época, escolhidos por um empreiteiro possivelmente embriagado ou na fraca posse de todas as faculdades.
      E sim, ainda bem que a casa é minha, e que posso fazer tudo o que almejo para a tornar mais bonita e acolhedora.

      Eliminar
    2. parabéns amiga. ficou lindo, só um ignorante que n entende nada de decoração p falar mal, este mármore só ficaria bem em castelos ou museus, coisas antigas, mas n na casa da gente.....sei que é caro, mas eu pintaria todo o resto...bjão...só faltou dizer o nome dos produtos que usastes....bjão....

      Eliminar
    3. Olá Carmo! Os nomes dos materiais estão descritos no parágrafo que antecede a primeira foto das pinturas. Beijinho e obrigada.

      Eliminar

© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig