terça-feira, 2 de junho de 2015

Mesa de Cabeceira Antiga Reciclada

Esta é uma mesinha de cabeceira antiga que vi num anúncio e que consegui trazer por 10€.
O tampo estava um bocadinho danificado mas como eu queria mesmo substituí-lo isso não foi problema.


Já temos duas mesas semelhantes a esta em cor, feitio e idade, em que mantivemos a originalidade e apenas efectuámos o restauro, mas desta vez não queria algo tão escuro e, convenhamos, sisudo.

Arrancámos o tampo, retirámos os puxadores e lixámos muito bem toda a madeira. É necessário remover muito bem toda a cera e sujidade de anos e anos de uso para que as tintas agarrem bem. Demorei uma tarde inteira a fazer isto.




O primário e a tinta foram aplicados à pistola. Costumamos usar a marca Luxens (do Leroy Merlin) que na generalidade tem uma boa relação qualidade/preço. A tinta escolhida é acetinada, aquosa (para ser mais fácil de limpar os utensílios do compressor). Usei o branco nº 0.




Depois de aplicado o primário, passei uma lixa muito fina nº 1000 em toda a superfície para promover a adesão da tinta. Depois deste passo é necessário limpar muito bem as poeiras.



Para o tampo, tive a ideia de fazer uma coisa diferente: encomendei um tampo em mármore à medida. Escolhi um tom clarinho do tipo carrara. Para fixar usámos uma massa tipo cola e veda da UHU.


De início pensei em trocar os puxadores mas os originais até tinham uma certa piada, só precisavam de ser limpos. O latão estava muito escurecido mas bastou esfregá-los com um esfregão verde para ficarem dourados e brilhantes. Aproveitámos os pregos originais que tínhamos retirado com cuidado.



Já com um visual fresco e renovado:






Boa semana!

28 comentários

  1. Mais um trabalho e um resultado impressionantes. Parabéns!

    ResponderEliminar
  2. Haja paciência para tanto trabalhinho, porque o resultado final é magnifico!

    ResponderEliminar
  3. Parabéns Carla!! ADOREI :) Já sigo o blog há algum tempo e já sei que posso encontrar ótimas dicas de reciclagem :) Votos de sucesso!

    ResponderEliminar
  4. Muito bonita. O branco dá-lhe logo outra vida. Foi uma grande trabalheira. Preciso ganhar coragem para terminar a mesinha de cabeceira que tenho ali encostada.

    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Ficou tão linda Carla , às vezes as pechinchas são autênticos tesouros escondidos :)

    ResponderEliminar
  6. Ficou linda, eu adoro ver as transformações dos móveis, mas confesso que me canso um pouco quando tenho que ser eu a fazer, especialmente lixar, parece que o verniz antigo nunca mais sai, ou então sou eu que sou perfeccionista demais. :)

    ResponderEliminar
  7. Que trabalhão! Mas ficou admirável! Parabéns! Tudo de bom e meu abraço!

    ResponderEliminar
  8. Olá Carla !
    Que transformação aconteceu com esta mesinha.
    E ficou linda gostei do tampo e de você ter reaproveitado os puxadores.
    Ficou perfeito bjs.

    ResponderEliminar
  9. E o resultado final foi incrível! Obrigada por partilhar connosco os seus trabalhos. Um beijinho.

    ResponderEliminar
  10. Excelente resultado :) A mesinha ficou linda !!
    Beijinhos
    Teresa

    ResponderEliminar
  11. Uau! És realmente muito talentosa!
    Amei, parabéns!!!

    ResponderEliminar
  12. Muito bom Carlinha!! A pedra em mármore deu "aquele" toque fnal:)
    Beijinhoooossss.

    ResponderEliminar
  13. Que maravilha Carla, ficou mesmo linda, beijo

    ResponderEliminar
  14. Fiquei boquiaberta com essa transformação! Gosto muito de reciclar as coisas, mas admiro muito quem faz um trabalho como o seu, impecável. Vemos muitas coisas mal feitas pela internet, trabalhos mal acabados, mas não tenho paciência para eles. O seu ficou um espetáculo, e o tampo em mármore foi uma idéia brilhante!
    Pergunta: você lixou a peça a mão ou usou alguma máquina/ferramenta? Ficou muito bom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Debora, muito grata pelas suas palavras.
      A mesinha é pequena, assim como as áreas lisas e foi por isso que optei por lixá-la à mão. E depois todos aqueles frisos tinham mesmo que ser lixados à mão, e foi isso que tomou mais tempo.
      Concordo consigo: é uma pena ver trabalhos que deixam a desejar em peças antigas, de família, ou até peças caras. Este tipo de alterações requer tempo, dinheiro e dedicação, e quando se retira um ou mais destes factores, o resultado não pode ser excelente, nem bom... Nunca vou esquecer um email que recebi e que perguntava se a tinta para paredes era boa para os móveis. Num segundo email perguntava se podia juntar verniz porque o resultado (sim, avançou com o trabalho) era muito mate. Dear God...

      Eliminar
  15. Carla perfeita essa mesinha. Perfeita.
    Puxa, me inspirei pra reformar o mundo aqui em casa, hahahaa

    Beijokas mil.

    ResponderEliminar
  16. Ai Carlinha o que tu nos ensinas ;)
    A peça está perfeita ,e sim para tal resultado é preciso muitas horas e dedicação .
    ADOREI esse cantinho ....
    bjs e bom feriado
    Lulu

    ResponderEliminar
  17. Ficou linda a mesinha, completamente diferente. O tampo em mármore fez a diferença. Parabéns pelo trabalho. Bj

    ResponderEliminar
  18. Trabalho fantástico Carla! Que tipo de tintas e primários aconselha para madeiras? Aqui perto de mim só tenho Cin e Robbialac

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vânia, essas marcas são óptimas e não a vão deixar ficar mal. Eu tenho usado a gama Luxens e estou muito satisfeita.

      Eliminar
    2. Muito obrigada pela resposta Carla. Comprei os primários e tintas na Cin. A pistola aconselha alguma marca ou sitio para alugar? Bjs

      Eliminar
    3. Para alugar, desconheço Vânia...

      Eliminar
    4. Olá Vânia, não sei como não me ocorreu o aluguer de ferramentas disponível na Leroy Merlin! Podes encontrar a lista no site.

      Eliminar
  19. Olá,
    Adorei seu blog e as postagens, agora sou seguidora do blog.
    Venha visitar meu blog www.crochelinhasagulhas.com.br
    Você será muito bem vinda.
    Janelice Bastiani

    ResponderEliminar
  20. Olá!
    Vendo esse post fiquei ainda mais com a pulga atrás da orelha...
    Tenho no meu escritório uma estante e mesa de trabalho do meu quarto de adolescente. Vieram do Brasil e são em Mogno. Queria pintá-las de branco, mas como moro em apartamento, não me meti a lixar aquilo tudo aqui dentro.
    Pedi orçamento aos senhores de Paços Ferreira que fazem habitualmente os meus móveis. Veredicto depois de levarem uma prateleira para analisar: impossível. Com a cera que tem o movel, nunca conseguiriam que a tinta agarrasse.. seria melhor comprar moveis novos.

    Não comprei ... aqueles são bonitos, de excelente madeira e trazem um sentimentalismo associado...

    Gostaria da vossa opinião... existe memso isso da "impossibilidade" de reformar??

    Obrigada

    Sónia
    www.minhacasinhaeassim.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sónia, a sua pergunta é muito pertinente.
      O que acontece com alguns móveis antigos/com muito uso, é que a certa altura os donos começam a aplicar cera com frequência. Esses produtos, aliados a sujidades (quando estão armazenados por exemplo) são um bocado difíceis de remover, mas não impossíveis.
      Um outro caso dá-se quando a madeira é virgem e tratada com cera como acabamento. A madeira absorve uma quantidade considerável de gordura, e é imprevisível o seu comportamento depois de pintada, mesmo com bons primários, e mesmo lixando mais a fundo. Se para além disso for muito trabalhada e tiver frisos, florões, etc... ainda mais complicado se torna.
      Fico feliz que tenha abraçado as características dos seus móveis tal como eles são, talvez os aprecie ainda mais agora!
      Beijinho

      Eliminar
    2. Obrigada pela resposta.

      Beijinhos

      Eliminar

© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig