domingo, 6 de março de 2011

Barrigada Cinematográfica

Esta semana, tirei a barriga de misérias e vi finalmente um lote de filmes que me despertavam curiosidade.

Gulliver's Travels, o mais fraquinho do lote. Infantil, idiota, péssimo casting. Só para crianças... ou para fãs ferrenhos do Jack Black.


The Town, tanto burburinho em torno deste filme não sei porquê. Boooring!


Righteous Kill, dois actores da velha guarda (De Niro e Al Pacino), interpretam dois polícias da velha guarda. Também para fãs, pouco emocionante, mas com um pequeno twist no final, para arrebitar, mas não o suficiente.

The King's Speech, o mais falado nos Óscares deste ano. Colin Firth ganhou o Óscar para melhor actor, mas eu gostei mais do desempenho de Lionel (Geoffrey Rush), o terapeuta de fala do Rei. Helena Bonham Carter (no papel de duquesa, mulher do Rei), também tem um grande desempenho (mas eu sou suspeita, já que sou fã dela). Os diálogos são inteligentes, têm sentido de humor e dão alma ao filme.



The Black Swan, não sei bem como descrever este thriller. Nem sei bem ainda se gostei ou não. Papel dificílimo, o da Natalie Portman (perfeita candidata e vencedora do Óscar, entre outros prémios). Na cena final, a bailarina por ela interpretada diz que esteve perfeita. E esteve mesmo.


The Tourist, uma Angelina Jolie muito feminina, inebriante, e um Johnny Depp charmoso (como sempre) mas cómico. Grande twist no final. Vale a pena.


Burn After Reading, trágico-cómico. Adorei um Brad Pitt muito palerma, e um George Clooney muito diferente do galã habitual. A história é simples, idiota, e é isso que dá piada a este filme.


The Social Network, a história do Facebook e do mais jovem bilionário do mundo. Diálogos muito rápidos (o protagonista parece despejar as ideias pela boca). Mas nada de especial.


The Mechanic, o meu filme preferido deste lote. Típico filme de homens, remake do filme de 1972, que tinha Charles Bronson no papel principal. O termo Mecânico, é aqui empregue no sentido de resolução de problemas, de forma limpa e eficiente. Um hitman protagonizado por um Jason Statham perfeccionista, sofisticado, carismático. Sou grande fã, e este é, provavelmente o meu filme preferido dele.




1 comentário

© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig