sexta-feira, 30 de março de 2012

Ganchinhos de Cabelo para Menina

Podemos fazer uns ganchinhos personalizados para as nossas princesas com materiais muito baratos e acessíveis.

Cada gancho de metal custou 0,25€, e o cetim já tinha cá em casa.


Aprendi a fazer as rosinhas a partir deste vídeo.
Também se podem adquirir rosinhas de cetim ou similares, em lojas de artigos para fazer bijutaria.

Para colar, a forma mais simples é usar uma pistola de cola quente.


Quem gosta destas mimosices ainda mais do que eu, é mesmo a minha filha: Ó mãe.... estão tão liiindos!





terça-feira, 27 de março de 2012

Coroa / Guirlanda de Primavera :: Spring Wreath

Gostaria que em Portugal houvesse mais o hábito de decorar a porta da entrada durante todo o ano.
As únicas decorações que vejo no meu bairro, são as coroas natalícias, mas depois passa o mês de Dezembro, e acaba tudo.

Com uma coroa de esferovite que comprei há imenso tempo, mais uns restos de  materiais que tinha cá em casa, decidi fazer uma coroa para decorar a nossa porta e dar as boas vindas á Primavera (com P maiúsculo, que é assim que eu acho que deve ser).


Para forrar a coroa, usei o mesmo tecido com que forrei a cadeira de escritório, mas do avesso, para se assemelhar a serapilheira, e oferecer-me uma base neutra.



Cortei o tecido em tiras. Para forrar é muito simples: não é preciso colar nada, basta fixar com alfinetes no início e fim de cada tira.

Com trapilho, fiz umas florzinhas em tons suaves e doces. Fui enrolando e revirando, dando sempre um pontinho a cada volta. É muito fácil, e saíram todas diferentes, como se estivessem nas várias fases de floração.



Tirei uns ramos secos de salgueiro do arranjo que tenho na escada, e usei-os para compor a coroa.


Dispus tudo como queria, e colei os ramos e as flores com cola quente.


Para ser franca (e não é a primeira vez que eu me desiludo com um trabalho), acho que as cores sobressaem pouco, e que ficaria muito melhor numa porta em madeira castanha.



Viva a Primavera!

Partilhámos esta ideia em Dear Lillie

quinta-feira, 22 de março de 2012

Tempo de Antena


Cara leitora anónima:

Porque és extremamente assídua e gostas de deixar a tua presunção, vou-te deixar este recado:

Sarcasmo, negativismo e críticas destrutivas não são bem vindas neste blog. Paciência! Quem manda aqui sou eu e eu quero o meu espaço online limpinho de energias negativas.

Quando eu não gosto de um determinado blog, do seu autor, conteúdo ou forma de escrita sabes o que faço? Dou corda aos chinelos e procuro coisas melhores para me entreter. Deixo logo de o seguir.

Recebo mais de 2000 visitas diariamente. É muito natural que este blog não vá agradar a todos elas, como é óbvio.
Quem gosta, volta. Quem não gosta e ainda perde tempo a comentar... lamento, mas deste lado, fico com a imagem de uma pessoa desocupada, invejosa e infeliz.

E já agora: porquê? Quererás por acaso abalar a minha confiança e a minha motivação?
Uma coisa que eu aprendi ao longo do tempo em que tenho este blog (e ao longo da minha vida), é que existe uma diferença entre não partilhar da mesma opinião, e ser simplesmente mesquinho.
A melhor maneira de lidar com este tipo de comentários ruins e baixos (que até a minha forma de educar tentaram abalar), é não lhes dar credibilidade nenhuma. O meu dedinho indicador carrega muito simplesmente no botão eliminar , e eles somem-se para sempre no éter.

Nunca deixaria entrar na minha casa uma pessoa com más intenções. Então porque o faria no meu blog, que cuido com tanto carinho?

Portanto, se comentas apenas para me tentar deitar abaixo, o teu comentário será eliminado. Se por outro lado sabes isso, e continuas a comentar, isso revela problemas mais profundos de carácter e humanidade.

Bye bye (o que em bom português nortenho significa vai vai)


quarta-feira, 21 de março de 2012

Técnica para espremer todo o conteúdo da Pasta Dentífrica

Já teve discussões por causa do tubo da pasta dentífrica?

Numa coisa somos todos diferentes: a forma como apertamos o tubo. Uns apertam a meio, porque é mais fácil... outros apertam no fundo porque são mais organizadinhos, e irritam-se com os que apertam a meio ou mesmo em cima.

Mas numa coisa somos todos semelhantes: todos tentamos espremer e aproveitar ao máximo todo o conteúdo do tubo sempre que este chega ao fim, para dar só para mais uma utilização, e mais uma...

Esta técnica muito simples que vou mostrar, serve para qualquer tipo de produto que venha em bisnaga: pasta dentífrica, cremes, pomadas.

Não precisa de comprar nenhuma engenhoca dessas que existem á venda (pelo amor de Deus...) para poder usar todo o conteúdo deste tipo de embalagens de forma eficiente e sem gastar dinheiro. Curioso?

Dependendo do que tiver mais á mão - no caso de ir lavar os dentes, será a própria escova - vários objectos podem ser utilizados como ferramenta: um lápis ou caneta, um talher, e claro, a escova de dentes!

1º Coloque a bisnaga que pretende espremer em cima de uma superfície.
2º Utilize o cabo da escova de dentes para pressionar a costura do tubo em direcção à tampa (certifique-se que está fechada).


3º Vá deslizando firmemente no mesmo sentido. No caso de ser uma bisnaga de alumínio, vá insistindo centímetro a centímetro até o material ficar bem fino e liso. Depois desta operação, o produto restante na embalagem já não volta para trás.


Esta operação apenas lhe toma alguns segundos e permite-lhe aproveitar todo o produto da embalagem que pagou.

E agora acabaram-se as discussões por causa da pasta de dentes.


segunda-feira, 19 de março de 2012

A Mãe é...

Á hora do jantar, os meus filhos tiveram uma conversa muito engraçada sobre a mãe.
Iam aventando profissões e cargos que eles julgam que eu ocupo cá em casa.

A mãe é cozinheira! E é a melhor do mundo. (Dizia o outro)
É a nossa motorista.
É enfermeira quando nos aleijamos ou estamos doentes.
É art...como é que se diz? Faz uns tapetes muito bonitos. (A palavra era artesã)
É cabeleireira. Corta o cabelo á gente e não pagamos nada. (É verdade, e no mês passado cortei a mim mesma pela primeira vez)
É decoradora. E põe a nossa casa muito bonita. E tem um blog.
Ah, também é blogger! - disse a minha filha, que já entende este vocabulário de cibernauta.
É comandante! Manda em toda a gente cá em casa. (haha)

Depois o meu marido lança o desafio aos dois: Mas acima de tudo, a mãe é...


Eu a julgar que ia sair algo do género ...É a nossa mãezinha querida! ou É a melhor mãe do mundo!


Mas não. 
O que saiu foi:

A mãe é chata!


Em uníssono.


terça-feira, 13 de março de 2012

Bule Kitsch transforma-se em Bule Chic

Costumo olhar para certos objectos das casa das pessoas, e ver-lhes um grande potencial que na altura não têm. Penso que ficariam melhor com outra cor, combinados de outra forma ou até com outra finalidade.

Neste Natal recebi uma prenda que eu achei extremamente kitsch.
Bem sei que as opiniões podem ser muito variadas e até controversas, mas para mim, este bule aplica-se perfeitamente a esse conceito de peça estranha e... kitsch, pronto. Mais kitsch do que isto, para mim, só os cães de loiça.


Vou-me livrar disto - pensei. Estava partido na tampa e tudo (e já tinha sido colado). E a gravura fazia-me lembrar uma terrina com um frango assado.

Mas, num dia de muito boa disposição, pedi ao meu marido para pintar de branco. Ele não se ficou por aí, e ainda consertou a tampinha sem deixar vestígios de que já havia estado partida em diversos pontos.

Agora uso o bule como jarra, e vejam que bonito e actual está agora com a sua roupa nova.




Acho que gosto mais sem as asas.

Não publico o passo a passo, visto que o trabalho foi feito em estufa com materiais próprios para automóveis.
Talvez usando tintas e primários apropriados para loiças de casa de banho se atinjam resultados semelhantes a este.


quarta-feira, 7 de março de 2012

Organize a sua Bijutaria de Forma Decorativa

As bijutarias são objectos essencialmente femininos que além da particularidade de nos embelezarem, podem também servir como complemento decorativo à nossa própria casa. Como? Dê uma vista de olhos nas imagens que eu seleccionei e aprecie a forma como algumas pessoas conseguiram brilhantemente organizar e ao mesmo tempo decorar com estes delicados ornamentos.

Usar várias molduras iguais ou diferentes e juntá-las numa composição. É o meu preferido.

Bhg.com

Pinterest


Dê novo uso a velhos puxadores de armários e gavetas.

The Frisky

My life under the bus

Experimente usar bustos ou estátuas de mesa.

Lauren Conrad

Pottery Barn


Aqui, os cabides e suportes de toalhas ganham nova utilidade.

From London with Love

Homemade Crap

E a ideia mais amorosa? Arrumar as pequenas bijous em tacinhas ou chávenas de porcelana.

Marthastewart.com

Esculon Says

Utilize também galhos ou outras formas naturais.

Gadora.Wilder

Apartment Therapy

Com telas (ou molduras) e artigos de crochet do baú da avó, inspire-se e crie algo como isto:

More Design Please

Etsy


Acho que vou fazer um upgrade à moldura que fiz há dois anos...


Mostrei aqui o passo a passo.

E acho que também vou aproveitar esta moldura para organizar as pequenas bijus da minha filha.



Também ficou inspirado? Partilhe as suas ideias e sugestões.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Dicas de Bricolage - Fazer Furos no Tecto sem Pó

Há muito tempo que usamos esta técnica aqui em casa, e é uma dica que habitualmente se vê em folhetos de bricolage: fazer furos no tecto com berbequim, sem fazer uma data de lixo e pó.

Só é necessário uma garrafa de plástico vazia (qualquer tamanho funciona, mas as de 1,5l são as melhores), e fita adesiva.
Corta-se o fundo da garrafa. Corta-se também o gargalo deixando uma medida justa que encaixe na bucha do berbequim (parte onde enrosca a broca). Enrole com a fita adesiva para prender e vedar as partes.


Este truque da garrafa poderá ter ainda uma utilidade adicional:

Ao cortar o fundo da garrafa, tenha o cuidado de deixar a descoberto apenas os centímetros da broca necessários para a profundidade do furo - a medida da bucha. Assim, quando a garrafa tocar no tecto, tem a certeza que o furo tem a profundidade certa: nem demais, nem de menos.

No final do trabalho, é só despejar o lixo, retirar a garrafa e contemplar uma obra perfeita e limpinha :)

sexta-feira, 2 de março de 2012

Projectos de Reciclagem e Restauro de Mobiliário

Neste novo separador do blog, juntei todos os projectos de reciclagem e restauro de peças de mobiliário que temos vindo a partilhar convosco. Poderá acompanhar o processo e ver o «antes e depois».

Algumas das peças eram nossas, outras foram sendo oferecidas. Mas as mais especiais foram as que encontrámos na rua, ao lado do contentor do lixo.

Todas mereceram a nossa melhor atenção, dedicação e carinho. E algumas estavam mesmo a precisar!
Hoje, fazem parte do nosso lar e recebem elogios de quem nos visita.

Obrigada aos meus vizinhos que cederam estes pertences que já não eram desejados e os deixaram á beira do passeio, para que quem estivesse interessado os pudesse levar.







quinta-feira, 1 de março de 2012

Renovar o Quarto apenas com Tecidos

Ao reler uma das minhas revistas preferidas, El Mueble, encontrei um artigo antigo que muito me inspirou nas sucessivas renovações do meu quarto.

O artigo fala sobre a capacidade que os têxteis têm de renovar por completo uma divisão.
É verdade, podemos dar um ar totalmente novo ao quarto com pormenores muito simples:


*Mudar a roupa de cama. Peças bonitas e de boa qualidade são um bom investimento, além de ajudarem a alterar o visual de forma marcante.
Decore a cama com almofadas e travesseiros de rolo. Sinta-se no direito de criar um local aprazível e digno de aparecer numa revista de decoração.
Use e abuse das colchas. Vá buscar ao baú as colchas de renda da avó!




*As capas de almofada não têm de pertencer ao conjunto, basta que combinem de forma harmoniosa com o resto. Trocá-las de vez em quando, é uma forma barata e simples de mudar as coisas quando estiver aborrecida com o visual da divisão.

 *Algo muito simples como forrar uma banqueta, ou uma cadeira com um tecido novo, produz efeitos extraordinários na divisão.
Esta cadeira que restaurámos cá em casa, foi forrada com um tecido fresco e alegre.



*Se tiver espaço no quarto, coloque um pequeno sofá ou uma mesinha. Além de decorativos, são úteis e  podem contribuir para uma atmosfera convidativa e relaxante.
Eu não tenho uma mesinha, mas tenho um pequeno sofá e uma planta. O sofá muda de aspecto constantemente, graças ás mantinhas que coloco por cima dele. É um sofá muito feínho, mas não se nota nada...





*Para ter mais facilidade em conjugar e alterar a decoração, escolha cortinados com tons neutros e evite estampados e geométricos.
O meu quarto tinha uns cortinados estampados cujos tons se conciliavam perfeitamente com o resto das peças. Mas quando quis introduzir uns tons mais primaveris, reparei que não foi fácil conjugá-los com o estampado. Comprei uns cortinados em azul acinzentado e coloquei os outros no quarto de vestir, onde se inseriram ainda melhor.



*Se gosta de arrojar mas costuma aborrecer-se com rapidez, dê a nota atrevida a peças como as almofadas ou a mantinha sobre a cama. Será mais fácil trocá-las e não se sentirá culpada quando o fizer.


© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig