quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Pintura de Azulejos :: Cozinha

Às vezes é engraçado rever posts mais antigos e perceber como o meu estilo decorativo foi evoluindo.
Reparo em decisões e compras que hoje não faria, mas aceito essas escolhas com serenidade entendendo que fazem parte de um amadurecimento pessoal e seguem uma ordem natural e que faz sentido para mim.

Uma escolha que se revelou péssima, e que eu própria denomino de épica, foi a cor dos azulejos que colocámos na cozinha há uns 6 anos. "Ah, fica divertida e uma cozinha colorida faz mais sentido e até abre o apetite." Balelas. Com o tempo começamos a odiar aquela cor porque não só chama a atenção toda para si, como não nos deixa muita margem de manobra em termos decorativos. Épico, digo-lhe. Com o tempo aprendi que se quero cor, devo adotá-la nos detalhes.


As soluções passavam por retirar todos os azulejos e aplicar uns novos, mas esse procedimento deixa restos de massa difíceis de remover, e também não queríamos mexer muito na torneira que já tem umas ligações um pouco problemáticas. Cobrir com outros materiais como o acrílico revelar-se-ia muito dispendioso. Foi então que pensámos "Vamos pintar e ver no que dá". No pior cenário, teríamos que arrancar tudo e colocar novos azulejos.

Escolhi uma tinta para azulejos da marca Titan que não requer primário. Apenas é necessário o cuidado de limpar muito bem a superfície, como de resto todos os produtos do género exigem. Lavei muito bem com água e detergente da loiça e depois passei diluente.


A tinta cobre muito bem e permite retocar mesmo passados uns minutos sem começar a «enrolar». Com apenas uma demão (sim!) oferece uma cobertura acetinada e sem marcas. O único senão desta tinta é o seu odor muito intenso, de modo que será melhor utilizá-la quando se possam abrir as janelas ( e nós tivemos azar nisso).


A cozinha parece mais ampla e luminosa, tal a diferença. Falta o balcão principal (lava-loiças e zona de preparação), e vamos aproveitar para fazer outras pinturas.




Para já, fica esta amostra da minha primeira experiência com esta tinta, pois sei que existem muitos leitores interessados em conhecer este tipo de produto e seus resultados. Estávamos um pouco céticos mas ficámos convencidos!

Boa semana!



61 comentários

  1. Gostei bastante do resultado. Já conhecia esse método de pintar os azulejos com tinta, mas sempre se me colocou uma pergunta, que é quando começarem a ganhar gordura (como é natural na cozinha) ao limpar -com os produtos de limpeza, a tinta vai manter-se?
    Se calhar vai, mas é uma dúvida que sempre se me colocou.
    bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta tinta é muito resistente, diferente do que estamos habituadas. Tem uma dureza superior, o que permite lavagens futuras, que são obrigatórias neste tipo de divisões. Pode ser lavada com detergentes e esponjas, mas não abrasivos, para não alterar o acetinado nem remover áreas de tinta. Embora não se possam usar métodos de limpeza agressivos, penso que pelo menos nas juntas a sua limpeza será mais fácil do que antes, uma vez que estão mais suaves e niveladas.
      Beijinho!

      Eliminar
  2. É por isso que eu adoro este blog! Relatas com sinceridade as experiências boas e as menos boas, para que possamos tirar as conclusões apropriadas a cada caso! Muito obrigada pela partilha!

    Gostei muito da ideia, apesar de não se aplicar no meu caso...
    Já agora, tu que percebes da coisa, saberás dar-me indicações sobre como pintar uma parede que neste momento é cor de laranja? É necessário aplicar algum produto antes da nova cor? Pretendo pintar de branco ou creme / pérola, por aí...que tipo e marca de tinta aconselharias?

    Beijinho e obrigada! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá cara homónima!
      Este blog fala de arte e de manha :) Elas andam de mãos dadas muitas vezes.
      Para a tua parede laranja eu usaria um primário para ajudar a tapar a cor e ao mesmo tempo melhorar a aderência das outras tintas. Acho que é sempre boa ideia para um trabalho bem feito. Eu gosto das tintas da Leroy Merlin, pela sua relação qualidade/preço. Mas a Cin e a Robbialac têm uma qualidade irrepreensível, tudo depende do orçamento. Só nunca compres tinta em hipermercados em promoção, mesmo que tenha marca conhecida. Essas tintas parecem ter preços fantásticos mas na realidade não têm a mesma qualidade.
      Também não devem ter a menção "budget"... Comprei uma lata da Dyrup nessa versão e era tão aguada que não cobria nada, nada!

      Espero ter ajudado, beijinho.

      Eliminar
  3. Fantástico! Ficou muito bem! Adoro cozinhas super claras e luminosas no que diz respeito a paredes e móveis, a contrastar com apontamentos mais quentes como madeiras e algumas peças em preto ou cinza... estilo escandinavo julgo eu! Adorava poder fazer o mesmo e EXTERMINAR, de uma forma simples, a faixa de azulejos da minha cozinha, mas se apenas me limitar a pintá-la vai sempre notar-se o relevo, que neste caso, são cerejas (blharck!!!) Na casa de banho tapei também uma faixa de azulejo com papel de parede mas para a cozinha não me parece que seja prático devido à sujidade que requer uma limpeza mais frequente e acentuada. Assim sendo lá tenho que olhar para as cerejinhas cor de laranja todo o santo dia :( Nota mental: Não voltar a comprar uma casa se não gostar da faixa de azulejos hehe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tânia, eu também adoro cozinhas claras e luminosas, tudo o que a minha cozinha não é... Com estas alterações conto minimizar isso, e a verdade é que já se nota uma diferença enorme. Espero uniformizar a cozinha de modo a não parecer tão recortada com tantos acabamentos e texturas diferentes.
      Para os teus azulejos, depende se te incomodarão menos se estiverem pintados e apenas se vir o relevo. É que esse é mesmo mais difícil de solucionar...
      Estou a ver muita gente do clube "laranja na cozinha" hehe!

      Eliminar
  4. Olá,

    o que usaste para aplicar a tinta? Algum tipo de rolo específico para aplicação em azulejo?

    Obrigada, Paula

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que não existem utensílios específicos para aplicação em azulejos, mas existem rolos para diferentes acabamentos. Neste caso eu usei um rolo específico para lacar.

      Eliminar
  5. Ola Carla, tambem estou a pensar fazer o mesmo. Mas achei o processo complicado mas pelo que contas e bastante facil, que cores tem esta marca? Os moveis da minha cozinha sao brancos e paredes brancas nao sei nao. A tua ficou 5* . Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Elisabete. Também achava complicado e pior: caro. Outras marcas exigem aplicação de primário, o que encarece significativamente o projecto. Também dispõem de embalagens de diluente caras que não são obrigatórias para o trabalho, pode-se usar do mais barato.
      Esta marca sei que tem branco, cinza, e penso que azul e amarelo. A Robbialac tem mais uns tons (alfazema, bege e rosa). Têm um sistema de afinação da cor, mas não sei se tem acréscimo de preço.
      Talvez o cinza ficasse bem na tua cozinha, e depois podes extrapolar nos objectos e utensílios :)

      Eliminar
  6. Adorei Carla, ficou muito melhor! Já estava a estranhar a ausência :)! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Sandrine :) Tenho andado ocupada com questões familiares e ainda não me consegui habituar a uma rotina alucinada de horários dos miúdos. O tempo também não está a ajudar à inspiração... Beijinhos

      Eliminar
  7. Carla parece que adivinhou o que me vai na mente! Estava mesmo à procura de explicações e principalmente sobre opiniões sobre estas tintas...
    Já dissipei as minhas dívidas quanto à sua aplicação nas paredes, parece-me que funcionam e resultam muito bem... e no piso cerâmico, será que também funcionarão?

    Um beijinho e continuação de bom trabalho. Adoro vir espreitar o seu cantinho criativo e com tão bom gosto.

    Patrícia Silva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Patrícia. No piso cerâmico devem funcionar, depois não pode é caminhar sobre ele :)
      Estou a brincar, acho que para o piso há soluções muito mais interessantes, duradouras e fáceis de aplicar como os vinílicos autoadesivos que já existem com uma enorme variedade de texturas a imitar soalho ou pedra.
      Obrigada pela visita e pelo carinho, beijinho.

      Eliminar
  8. Adorei o resultado, fica muito melhor. E tens razão decisões que tomamos atrás não nos devemos arrepender pois de certeza que na altura era o que gostavamos e agora nem tanto, nós crescemos e amadurecemos e os nossos gostos crescem e mudam também. Gosto muito do teu blog.Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso Betty, e acho que se adequa à maioria dos arrependimentos: na altura julgávamos ser a opção certa. Eu não sou a mesma pessoa de há 5, 10 anos atrás, por isso é natural que tenha enveredado por caminhos diferentes nessas alturas. Obrigada, beijinho!

      Eliminar
  9. Ficou tão bonita e muito mais arejada, sem dúvida. Tal como tu, também aprendi que a cor deve ser adicionada nos detalhes e não em grandes áreas. Esse foi o meu mal na altura que mudei de casa. Pintei e decorei com cores que hoje sei que detesto mesmo. Mas tudo é uma aprendizagem.

    Parabéns que o projecto ficou mesmo giro. Até os armários ganharam novo destaque.

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Anabela. Todas as situações da vida servem para reter lições, e esta está bem aprendida!
      Estou desejosa de terminar as pinturas, acho que vai ficar outra cozinha :) Beijinhos

      Eliminar
  10. Andava há tempos com vontade de testar e pintar. E agora que tenho provas de bom resultado, acho que vou em frente pois o relevo dos azulejos é o menor dos problemas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta foi a nossa parede de teste, e estou contente que tenha resolvido o nosso problema. O meu melhor conselho para quem decide avançar é lavar e desengordurar muito bem a superfície para alcançar os melhores resultados possíveis .

      Eliminar
  11. Olá Carla, há uns anos atrás passei por essa experiência. Pintei os azulejos que tinha num dos cantos da minha varanda. Eram brancos e estavam muito feios e resolvi pinta-los de verde. Como nessa época não conhecia o Arte e Manhas, segui as instruções do senhor da Cin e gastei demasiado dinheiro. Talvez também não tenha feito qualquer coisa bem, porque ao fim de três ou quatro anos a tinta começõu a fazer pequenas bolhas aqui e ali e depois soltava-se. Este ano levou com mais uma pintura, se estiver bonito mais quatro anos já me sinto com sorte. Gostei imenso do efeito na sua cozinha, ficou mesmo muito bonito. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo testemunho Lisete. Há uns anos, este tipo de tintas não estava tão desenvolvido, sendo que hoje já existem produtos como o que usei que já não requerem primário e outros tratamentos ao azulejo, o que torna este tratamento muito menos dispendioso.
      Estou a imaginar que no seu caso possa ser uma questão de humidade o que provocou essas bolhas, e sendo esse o caso pouco há a fazer senão tentar encontrar a infiltração e pintar de novo... Obrigada, abraço.

      Eliminar
  12. Olá Carla.
    Gosto, muito do relevo dos teus azulejos mas nunca gostei da cor, também fui adepta da cor laranja na sala ( tinha 2 paredes pintadas), só aguentei ano e meio de pois pintei-a de branco- branco, já não suportava aquela cor de cada vez que entrava na sala.
    Também pintei a minha faixa da cozinha de vermelho ( a original tinha umas listinhas azuis) com uma tinta própria para azulejos. Hoje passados 6 anos, tenho partes da tinta a sair, junto ao fogão. Uma zona que se suja bastante com salpicos de gordura. Passado estes anos fartei-me da cor e queria voltar às minhas subtis listinhas azuis. Mas é neste ponto que preciso da tua ajuda.
    Sabes como posso tirar a tinta dos azulejos? Haverá algum produto que não danifique os azulejos? Será que vais sair com facilidade entre as juntas dos azulejos?
    Ando aqui com esta ideia, mas ainda não fiz grande pesquisa. Agradeço desde já, a tua atenção.

    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hum... Marta, pintar os azulejos é um compromisso. A tinta antiga já não sai com diluentes, só por acção mecânica e dificilmente a removerias na totalidade, muito menos sem danificar o brilho do azulejo... (que possivelmente até pode ter sido tratado para promover a adesão da tinta, e nesse caso já não está bonito como antes).
      A textura de efeito entrelaçado dos meus azulejos foi o que me levou a adiar esta decisão, porque eu sempre pensei que a tinta acamasse mais em certos pontos e se perdesse o efeito do relevo parecendo apenas que estava tudo mal pintado, mas afinal resultou bem.
      O que tens usado para limpar a zona do fogão?

      Eliminar
    2. Normalmente uso vinagre e até tenho bastante cuidado, nunca uso a parte verde do esfregão, até prefiro usar aqueles panos esponja, que existe em várias cores. Só e muito raramente, quando existe mais salpicos de gordura que não foram limpos de imediato, aplico um limpa gorduras da marca Continente.
      É uma zona crítica da cozinha, mas com imensos cuidados que tive, a tinta cedeu e começa a sair.
      Bem, um dia destes passo no Leroy Merlin e pergunto a opinião dos senhores da loja.

      Marta

      Eliminar
    3. Obrigada pela tua resposta. Eu também uso só panos para limpar os azulejos, e é um cuidado que terei de manter.
      Os funcionários de cada departamento da Leroy Merlin estão habilitados a responder a questões relacionadas com os produtos, podes tentar saber mais sobre o teu caso, e na eventualidade de teres de pintar novamente, quais os procedimentos ideais para o fazer.
      Bjs

      Eliminar
  13. Olá Carla, que resultado fantástico!
    Eu tenho uma casa de banho que detesto, porque tem uns azulejos século passado, é incrível o mau gosto, mas como era o único senão da casa, avançei :) Pensei mil vezes em pintá-los mas sempre tive medo, precisamente porque tem uma faixa com textura mas a avaliar pelos teus azulejos resulta perfeitamente. Continuo com algum receio por causa da zona da banheira e da água a correr todos os dias, será que não me vai acontecer o mesmo que à Lisete?
    Obrigada pela partilha e pelos pormenores, é muito útil.
    Um abraço
    Teresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Teresa!
      Sem querer estar a mandar bitaites, penso que a situação descrita pela Lisete é diferente. Pela localização (varanda) e pela descrição eu depreendo que a causa deva estar na humidade das paredes que não tem escapatória e «transpira» pelos azulejos, daí as bolhas passados vários anos. Eu não tenho conhecimento de causa em relação às casas de banho, especialmente zonas de duche, por isso não vou estar a defender o material :) No entanto, pareceu-me uma tinta muito forte, completamente diferente das que já utilizei. Eu não tinha muito a perder e foi por isso que experimentei, mas só o tempo dirá como é que a tinta se comporta. Fundamental é mesmo a correta preparação da superfície.
      Beijinho

      Eliminar
  14. Boa, ficou óptimo!! E bem melhor, vá :) gosto de ver esse efeito entrelaçado nos azulejos mas de facto o laranja deixava um bocadinho a desejar, ainda mais com esse tom da madeira.
    Depois daqui a uns tempos contas se a tinta ainda dura. Eu adoptava esse metodo todo na minha casa de banho!! Mas como é uma zona com água (banheira) fico reticente.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, na altura devo ter visto isto em alguma revista e quis fazer igual. O pior foi conciliar aquela escolha com o resto da decoração, ainda para mais quando se começa a gostar de cores mais claras :) Depois mostro o resto da cozinha, beijinho.

      Eliminar
  15. Olá Carla,
    Devo dizer que o relevo dos teus azulejos até é bonito, já a cor não sou muito fã. Obrigada por indicares a tinta que usas-te e por nos mostrares. Eu acho muito útil que indiques o material (inclusive marcas) que por vezes ajuda imenso a passar-mos à acção. Penso que vai ajudar muitas pessoas que tinham dúvidas e as fará modificar as cozinhas e casas de banho... como é o meu caso! Muito obrigada por me impulsionares a dar "aquele passo".
    Andreia Neto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Andreia. Há uns tempos atrás (provavelmente na altura em que escolhi os azulejos laranja), escolher branco para a cozinha teria sido muito provavelmente, impossível :) Agora adoro, e todas as cozinhas que me agradam têm combinações de branco, cinza e carvalho.
      Além de uniformizar uma divisão formulada ao longo dos anos (logo, com muita mistura de materiais), penso que abre o espaço e o ilumina, por isso estou a ficar muito satisfeita e entusiasmada com esta reforma.
      Fico feliz que a minha partilha ajude a estimular ideias no leitor, e que sirva de exemplo para o que se pode fazer para solucionar este e outros problemas. Obrigada!

      Eliminar
  16. Ficou TÃO melhor! Muito bem, Carla! 5 estrelas, mesmo :)
    Parabéns!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Miriam, ficou MESMO melhor :) Beijinhos!

      Eliminar
  17. Olá Carla, realmente é interessante ver como os nossos gostos vão mudando ao longo do tempo, e na minha opinião, ainda bem que isso acontece, é sinal que estamos em constante mudança, e que não estamos parados no tempo.
    Gostei muito do resultado, parece que tens uma cozinha nova, parabéns.
    Beijos.
    Ana Silva - aventuradedecoracao.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto, Ana! Foi-me incutido que assim que chegasse à idade adulta estabeleceria uma opinião em relação às coisas. Não é nada assim! Descobri que os meus gostos, opiniões, medos, desejos vão mudando com o passar dos anos, e por vezes radicalmente.

      Cozinha nova não, calma :) Estamos a ainda a trabalhar nisso... Beijinho!

      Eliminar
  18. Olá Carla,

    Ficou mesmo bonito. Conseguiu dar mais luminosidade á cozinha. Gostei bastante, parabéns ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está mesmo mais luminosa, o branco é a solução perfeita.

      Eliminar
  19. Olá, Carla!
    Bem, que diferença! Sou fã de cozinhas brancas e com a textura dos azulejos a parede ficou linda! :)
    Eu fiz exactamente o mesmo quando me mudei para a casa em que estou. Usámos essa mesma tinta para cobrir "azulejos da avó"(como lhes chamo :p) na cozinha e na casa de banho.

    Beijinhos,

    Sofia

    Sofia
    Blog: Frames and High Heels

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Decididamente, a textura dos azulejos jogou a nosso favor (valha-nos isso).
      Tens que me contar como te estás a dar com os teus azulejos pintados na cozinha e zona de banho ;) Beijinhos!

      Eliminar
    2. So far, so good. Já se passou 1 ano e meio e continua impecável! Acho que a tinta tem uma excelente relação qualidade-preço. :)

      Eliminar
    3. Também achei isso, e saliento a facilidade de aplicação.

      Eliminar
  20. Ficou perfeito! Sempre tive curiosidades em relação a essas tintas e pensei que teriam mau acabamento...
    Ainda bem que estava completamente errada :) Fica mesmo com o aspecto acetinado de qualquer azulejo tradicional! E é lavável? Numa loja de tintas disseram-me que sim e que a único inconveniente é não poder usar nada que risco, como os esfregões...

    Ficou muito bom em branco. Mais airoso e subtil. É como dizes, os apontamentos de cor podes sempre colocar noutros objetos ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Sara, é lavável mas é necessário o cuidado de não usar produtos abrasivos nem esfregões.
      Esta tinta tem um acabamento acetinado, mas penso que a da Robbialac (que requer primário) tem um acabamento mais brilhante. Mas lá está, as amostras que mostram na loja foram pintadas na horizontal, e não sei até que ponto a pintura ficará igualmente perfeita, só experimentando. Beijinho!

      Eliminar
  21. Preciso de fazer o mesmo na casa de banho do meu quarto, mas tenho de tirar a tinta que lá está antes com algum decapante, e tenho adiado de ano para ano.
    Sempre pensei que tivessemos de dar um primario primeiro antes da tinta... Sempre a aprender.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Outras marcas de produtos ainda requerem primário, Pinta. Como já conheço alguns produtos da marca Titan e reconheço a sua qualidade, decidi arriscar nesta marca. Por agora estou satisfeita, veremos no futuro :)

      Eliminar
  22. Ficou um espectáculo, Carla. Por muito que, em geral, goste de cor de laranja (e gosto), a cozinha ficou a ganhar com a troca de cores. Parece maior!!
    Como nem toda a gente pode "partir e fazer de novo" - neste caso, substituir os azulejos - as tuas renovações são muito interessantes, inspiradoras e úteis. Por vezes há um ou outro pormenor que queria perguntar mas acaba sempre por ficar esclarecido nos comentários :)

    Parabéns pelas ideias
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Paula. Tenho aprendido muito com a partilha de ideias e fico sempre muito satisfeita quando sinto que partilhei, eu própria, algo útil para alguns.
      A renovação da cozinha está em progresso, e parece que faltava só solucionar a questão dos azulejos para outras ideias começarem a fluir. Vou mostrando os progressos.

      Beijinho de 30º :)

      Eliminar
  23. Olá Carla
    Ficou muito mais bonita ;)
    Qual o preço e quantidade da lata que compraste?
    Obrigada e mais uma vez parabéns pelo blog.
    Raquel Paiva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Raquel, obrigada. A lata tem 750 ml e custa 29,99€ (no Leroy Merlin há cores em promoção por 19,99€). Cobre cerca de 9-11 m2.

      Eliminar
    2. Muito obrigada.

      Eliminar
  24. Só hoje comecei a ler o seu blog e acho-o muito interessante e útil.
    Gostaria de lhe fazer uma pergunta acerca dos azulejos pintados.
    Tenho uma cozinha e o meu filho pintou-me os azulejos de uma cor que não lembra a ninguém.
    Terei de mudar a cor e pretendia saber se posso pintar por cima ou como o poderei fazer sem tirar os azulejos.
    Muito obrigado.
    Carla Silva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla. Não referiu se a tinta utilizada foi tinta para azulejos. Assumindo que sim, eu penso que o melhor será desengordurar muito bem toda a superfície e em seguida lixar muito suavemente com uma lixa muito fina (apenas o suficiente para retirar todo o brilho). Para evitar reacções, o melhor é utilizar a mesma marca de tinta. Desta forma penso que não haverá problema ;)

      Eliminar
  25. Muito útil. Andava a pesquisar em torno deste assunto. Apesar de ter entendidos da construção na família, queria renovar sem a licheira de cortar azulejos e afins. Parece ficar como de origem. E gostava do laranja hehe
    O preço é que não deve ser muito apelativo..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta solução foi sem dúvida a mais simples que pude arranjar para mudar o visual da nossa cozinha, que entretanto já foi toda pintada do mesmo modo. Em relação ao preço, o mesmo varia consoante a marca,a quantidade e as promoções em vigor (O Leroy Merlin costuma ter sempre uma marca em destaque) Esta que usei custou 29.99€, com 750 ml.

      Eliminar
  26. Queria perguntar umas coisas:
    1. Para além da limpeza, houve alguma preparação prévia dos azulejos (por exemplo lixá-los) antes de se proceder à pintura?
    2. Para o efeito que se vê nas fotos bastou uma demão?
    3. Ao fim deste tempo, a tinta já começou a descascar ou nota-se alguma imperfeição?
    Obrigado,
    Edgar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Edgar. Entretanto já pintámos os restantes azulejos que faltavam na cozinha e tenho andado para escrever um post sobre o resultado final e as performances de uso. A única preparação foi uma boa limpeza com detergente e em seguida com diluente. A tinta cobriu efectivamente bem apenas com uma demão, mas (impressão minha ou não) eu acho que ainda conseguia ver o laranja vibrante ali, e então aplicámos mais uma demão. Cores claras não vão precisar de certeza de uma segunda camada.
      O melhor é que a tinta porta-se mesmo bem, e não descascou nem perdeu coloração em lugar nenhum, mesmo a parede do lava loiça mantém-se impecável. Reparei no entanto que salpicos de molho de tomate poderão tingir a tinta se não forem limpos com alguma brevidade (quando digo brevidade não digo imediatamente, mas deixados por exemplo de um dia para o outro). Mas até agora tenho feito a limpeza como sempre a fizera: um pano de limpeza comum e detergente anti gorduras, e a tinta mantém o mesmo brilho acetinado e tom branco. As juntas tornam-se até mais fáceis de limpar, visto que também ficaram acetinadas e mais preenchidas.
      É um feedback muito positivo, ainda não encontrei pontos negativos neste tipo de acabamento.

      Eliminar
  27. Muito obrigado pela resposta. Depois de ter andado a consultar blogs e foruns recolhendo informação sobre tintas para azulejos, fiquei convencido com a sua opinião, ainda mais tendo utilizado esta tinta numa cozinha, que necessariamente precisa de limpeza frequente. Acho que vou mesmo usar esta tinta para renovar os azulejos (horríveis) da minha casa.
    Só uma última pergunta: Pode dizer-me qual foi a área pintada e a quantidade de tinta utilizada?
    Edgar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gastei uma lata e meia em cerca de 7 m2 de área. Foram dois balcões e uma parede de mármore ao lado do fogão. Devo dizer que a tinta ficou perfeita em qualquer um dos revestimentos.
      Vou deixar uma dica para quando decidir avançar com o trabalho: escolha na loja um rolo para lacar para obter um acabamento mais liso possível.
      Os dias mais quentes que se aproximam são ideais para este tipo de pintura, pois é possível abrir as janelas (o cheiro é muito intenso) e há pouca humidade no ar. Caso contrário a tinta poderá levar mais tempo a secar ;)

      Eliminar
  28. OK muito obrigado novamente pela sua resposta. Vou seguir os seus conselhos.
    Obrigado e boa tarde.
    Edgar

    ResponderEliminar
  29. Boa Tarde!

    Já faz um par de dias que ando ""louca na internet, em busca duma solução para os meus azulejos da cozinha. O que mais me incomoda nos ditos, é a barra em losangos pretos e brancos, já para não falar no relevo exagerado dos mesmo... Aliás, que decorou a cozinha e a casa de banho cá de casa, não devia nada ao bom gosto! eh eh eh
    Agora chegou a hora de trocar os móveis da cozinha e eu queria aproveitar para dar uma solução aos azulejos, sem os trocar, pois o meu budget está a ficar escasso.

    O vinil adesivo é impensável devido relevo dos azulejos, teria de levar uma pasta antes de aplicar o vinil, não me parece uma tarefa fácil para uma leiga, logo, teria de pagar a um profissional que o fizesse, o que já sai do meu budget. Para ser sincera, o vinil que me agrada (imita um muro em tijolo), só o encontrei nos EUA, os portes eram tão caros que desisti de imediato da ideia!

    Pensei na tinta, mas estava com receio que o acabamento ficasse bem, por causa do "maldito" relevo. Agora que vi os seus azulejos, acho que me vou aventurar e tentar resolver o problema pintando os benditos azulejos!

    Já tinha visto videos de trabalhos feitos com as tintas da Titan e parece ser boa, só é pena não ter mais cores...

    Obrigada pela partilha da sua experiência!

    Abraço

    ResponderEliminar

© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig