quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Organizador de Gavetas - Cintos

Não sou muito de usar cintos, e talvez por isso tinha a gaveta onde os guardo neste estado:


Tira-se um... não é aquele...depois ficam todos enrolados uns nos outros, já não havia paciência.
Depois, vi no Ikea um organizador mesmo á medida das minhas gavetas (este roupeiro não é do Ikea), e que talvez fosse oferecer uma solução para esta confusão.


Ufa, muito melhor. Acabou-se o Que se lixe, hoje não ponho cinto...

sábado, 25 de setembro de 2010

Aparecemos no Remodelaholic

Aparecemos num dos nossos blogs favoritos, o Remodelaholic!
Apresentaram a  ideia para o quarto do Eduardo, a moldura do Alfabeto, com o adorável Wall-E a segurar (acho que grande parte do sucesso de deveu ao pequeno robot).


Devo dizer que a ideia de colocar o Wall-E a segurar foi do Eduardo, por isso os créditos são para ele.

O meu filho que tem uma obsessão por este brinquedo, nem o liga para não gastar nem estragar.
Na altura, liguei-o  para ver se ainda tinha pilhas, brinquei um bocadinho com ele (o Wall-E interage com a nossa voz, julga que nós somos a Eva e também se assusta se ouvir um ruído mais brusco) e fiz este pequeno vídeo.




Consegue-se ouvir a voz do meu filho irritadíssimo por eu estar a brincar com o Wall-E...

Mais uma vez, obrigado ao Remodelaholic pelo reconhecimento!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Relógio herdado com valor... sentimental

Desde pequena que me lembro de ver este pequeno relógio despertador no quarto dos meus pais. Estava na mesa de cabeceira do meu pai, e acordava-o todos os dias ás 5h30. Isto até este pequeno relógio da década de 70 ter sido substituído por um despertador digital dos anos 80...

Agora pertence-me, e estava ali guardado numa gaveta, sem ver a luz do dia.
Funciona perfeitamente, é só dar-lhe corda, que eu não dou por causa do tique taque bastante sonoro. Digamos que o deixo descansar. 
Já tinha visto decorações de prateleiras e estantes complementadas com relógios deste tipo, e resolvi experimentar.






quarta-feira, 22 de setembro de 2010

O que eu fiz com uma moldura de 1 Euro

Há coisas que não são de todo premeditadas. No Hiper China (ou será Mega Ásia? Credo, são tantos...), encontrei por acaso esta moldura marcada a 1€. Como tinha ao lado da etiqueta a marca de um outro preço que fora arrancado, ainda tive dúvidas que não fosse um engano. E não havia mais nenhuma igual para comparar. Levei-a para a caixa para sondar, e paguei mesmo 1€. A satisfação que aquilo me deu.



Tem as dimensões de 25 x30 cm e um pequeno relevo em toda a volta.


Claro que tinha que a pintar. Spray branco glossy.


Enquanto a tinta entre demãos secava, aproveitei para tratar da gravura.


E aparei o papel excedente com a cisalha (ou guilhotina).


Tinha comprado esta resma de papel colorido no Lidl, a pensar nos miúdos. Eles não se vão importar...

Montei tudo, e compus a minha prateleira da sala para receber o Outono.




Se eu podia viver sem as lojas dos chineses? Podia. Mas não era a mesma coisa.

Finalmente tenho uma gaiola

Já tinha andado a ver no ebay e tudo. E se pesquisarmos por Shabby Chic (no ebay ou no Google), aparecem coisas lindas de morrer de inveja.
Já era a 3ª vez que eu passava na loja e a gaiola ficava lá. Custava 8€ e era isso que me estava a chatear. Mas vendo bem, se fosse na Zara Home ou na Area, aposto que não pensava duas vezes.
A cor também não era bem aquela que eu queria. Eu queria uma branca, mas também não há nada que não se resolva com um bocadinho de spray (que eu ainda tinha do quadro para bijutaria).



A cor aqui parece bastante clara, quase branca, mas ao vivo tinha um tom mástique e pontinhos de ferrugem.



Umas horas depois...






Como é que um objecto tão opressivo pode ser tão bonito? E com esta pus-me a pensar.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Relógio - Transformação

Outro objecto que eu tenho cá em casa (arrumado dentro de um armário), é este relógio em madeira, mas com efeito antigo.


Decidi oferecer-lhe um makeover, e comecei por retirar o mecanismo, e desmontá-lo para retirar o ponteiro dos segundos (os relógios antigos não possuem esse ponteiro, e se o tiverem e parecerem antigos, é porque são uma imitação rasca).
Levei-o para a garagem e retirei também a portinhola traseira.



Depois de lixado e pintado ficou assim:


Nesta fase, achei que outra ideia criativa seria transformá-lo numa pequena gaiola. Bastava não colocar o mecanismo, colocar um pauzinho entre o orifício e o ornamento, colocar um passarinho de pano (ou uma borboleta) e ficava giro inclusive para o quarto da Diana.
Decidi continuar com a ideia do relógio e fazer isso outro dia (ou assim que veja um passarinho (artificial, claro) giro para a gaiola).
Voltei a passar lixa em alguns pontos da estrutura:



Montei o mecanismo e coloquei na sala de jantar:







Nota editada: Participámos com esta ideia em: Today's Creative Blog

domingo, 19 de setembro de 2010

De «Chinoca» a Shabby Chic

1º Passo: Possuír uma moldura bem chinoca, feita de plástico em imitação de madeira.



2º Passo: Ignorar os conselhos do marido e dar-lhe uma pintura com uma cor á escolha (Isso é tão foleiro, deita mas é essa m*#$@ para o lixo)


3º Passo: Editar uma fotografia à escolha com a ajuda de um software apropriado (neste caso, Photoscape)



4º Passo: Imprimir em papel fotográfico, usar o vidro da moldura como molde, e recortar.



5º Passo: Montar todos os componentes da moldura



6º e último Passo: Ensaiar onde colocar, servindo de complemento à decoração existente.







Nota do marido: Eu era mesmo um puto bonito.


Nota editada: Participámos com esta ideia em: Today's Creative Blog

© Hello You . All rights reserved.
Blogger templates by pipdig